Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Pressionado por degola, Vasco recebe Cruzeiro campeão

Gazeta Press Rio de Janeiro (RJ)

Dois times em momentos completamente distintos na temporada. Assim será o encontro entre Vasco e Cruzeiro, que se enfrentam neste sábado, às 19h30 (de Brasília), no Maracanã, pela 36ª rodada do Campeonato Brasileiro.

Com 38 pontos conquistados e na zona de rebaixamento, o Gigante da Colina se complicou muito no empate sem gols com o Corinthians. Um tropeço diante dos mineiros pode deixar a situação praticamente impossível de ser revertida, aumentando a crise em São Januário.

Já a Raposa navega em mares tranquilos por ter conquistado o título antecipado. Tanto que pode se dar ao luxo de preservar alguns titulares, a exemplo do que fez no empate por 2 a 2 com a Ponte Preta.

Adilson Batista, técnico vascaíno, passou a semana tentando melhorar o aspecto psicológico dos jogadores. O treinador vem tentando mostrar a importância de vencer todos os jogos para fugir. Os atletas adotaram o discurso do comandante e evitam fazer contas.

"Nesse momento não podemos ficar pensando em fazer contas, pois as coisas estão mudando de rodada para rodada. Na semana passada, tínhamos conseguido deixar a zona de rebaixamento. Agora voltamos e estamos em situação complicada. Portanto, o importante neste momento é pensar em ganhar os nossos jogos, pois isso sim é que vai fazer a diferença a nosso favor se conseguirmos ter sucesso dentro de campo", disse o lateral direito Fagner.

A principal novidade é a presença do garoto Thalles no ataque, ao lado de Edmilson. Assim, Marlone foi recuado para o meio-de-campo e o esquema com três zagueiros abandonado. Pior para Renato Silva, que vai ficar como opção no banco de reservas. O volante Wendel foi outro barrado, já que Pedro Ken, que cumpriu suspensão diante do Corinthians, reaparece. Ele nem poderia atuar, pois tem seus direitos federativos ligados ao Cruzeiro. Mas o clube mineiro abriu mão da multa em negociação com os vascaínos.

A decisão do Vasco de minimizar a despreocupação do Cruzeiro parece acertada se for levado em consideração o pensamento do técnico da Raposa, Marcelo Oliveira, que garante que seus jogadores não vão facilitar as coisas para os cariocas.

"Nós vamos mandar a campo uma equipe em condições de vencer o Vasco ou, pelo menos, lutar em igualdade de condições para isso. Respeitamos a competição e sabemos que existem outras equipes interessadas neste resultado. Portanto, precisamos ser profissionais até o fim", disse Marcelo Oliveira.

O treinador, porém, vai realmente preservar alguns titulares, como o goleiro Fábio, e os atacantes Dagoberto e Borges, por exemplo. O zagueiro Dedé, que é torcedor do Vasco, pediu para não jogar e teve seu pedido atendido.

No primeiro turno do Campeonato Brasileiro as duas equipes se enfrentaram no Mineirão, em Belo Horizonte (MG), e, em um jogo recheado de emoções, o Cruzeiro ganhou por 5 a 3. Willian, Lucas Silva (2), Júlio Baptista e Vinicius Araújo marcaram os gols cruzeirenses, enquanto que Willie (2) e André descontaram.

Arte GE.Net
FICHA TÉCNICA
VASCO-RJ X CRUZEIRO-MG

Local: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 23 de novembro de 2013, sábado
Horário: 19h30 (de Brasília)
Árbitro: Marcos André Gomes da Penha (ES)
Assistentes: Fabiano da Silva Ramires (ES) e Vanderson Antonio Zanotti (ES)

VASCO: Alessandro, Fagner, Cris, Luan e Yotún; Abuda, Guiñazu, Pedro Ken e Marlone; Edmilson e Thalles
Técnico: Adilson Batista

CRUZEIRO: Rafael, Ceará, Leo, Paulão e Egídio; Nilton, Lucas Silva, Everton Ribeiro, Ricardo Goulart e Willian; Vinicius Araújo
Técnico: Marcelo Oliveira

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade