Futebol/Campeonato Brasileiro - ( )

Renato liga sinal de alerta: “Grêmio ainda não está na Libertadores”

Porto Alegre (RS)

Com três pontos a mais do que o quinto colocado no Campeonato Brasileiro, o Grêmio segue firme na luta por uma vaga na Copa Libertadores da América. A vice-liderança dos tricolores, no entanto, não ilude Renato Gaúcho. O técnico não quer saber de relaxamento pela vantagem e cobra atenção ao time no duelo com a Ponte Preta às 17 horas (de Brasília) deste domingo.

“Não falo sobre o ano que vem. Penso somente nestes três próximos jogos e o Grêmio ainda não está na Libertadores. Se perdermos neste final de semana e Botafogo, Goiás e Atlético-PR vencerem, saímos do G-4. Está bem difícil para todo mundo. Já falei isso para o meu grupo”, alertou o comandante tricolor, sobre a importância da partida no estádio Moisés Lucarelli, em Campinas.

Dos adversários diretos pelo sonho continental, o Goiás entra em campo no sábado, às 21 horas, para enfrentar o Atlético-MG na Arena Independência. Já no domingo, também às 17 horas, o Atlético-PR recebe o rebaixado Náutico na Arena Joinville. Mais tarde, às 19h30, será a vez do Botafogo encarar o São Paulo no Morumbi.

“Os meus cálculos sempre são em cima do próximo jogo. Não adianta colocar algo além disso na cabeça. Acredito que na próxima rodada vai se definir o que será preciso. No momento o pensamento é na Ponte Preta, em buscar o resultado que nos interessa para seguir no G-4 e na briga pela vaga”, sentenciou Renato.

Depois do compromisso com a Macaca, Grêmio terá mais dois compromissos no Brasileirão. No dia 1º de dezembro, os gaúchos recebem o Goiás para confronto direto na Arena em Porto Alegre. Uma semana depois, o Tricolor encerra sua participação na Série A com jogo fora de casa diante da Portuguesa.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade