Futebol/Copa do Brasil - ( - Atualizado )

Renato revela tristeza do grupo gremista após a eliminação

Do correspondente Vicente Fonseca Porto Alegre (RS)

A eliminação na semifinal da Copa do Brasil para o Atlético-PR doeu não apenas no torcedor do Grêmio, mas também no grupo de jogadores. Logo após o apito final de Marcelo de Lima Henrique, vários atletas do Tricolor se estatelaram no gramado, chorando de dor pela eliminação. O clima no vestiário após a partida foi parecido, de acordo com o técnico Renato Gaúcho, em sua coletiva após o empate em 0 a 0 na Arena.

“O sentimento é de tristeza. Eu já vi como está o grupo no vestiário, tive uma conversa com eles de uns cinco minutos. Acho isso bom. O grupo se entregou muito, nós massacramos o Atlético-PR. Todos estão chorando, estão tristes. Mas futebol é bola na rede, e hoje não fomos felizes”, lamentou o comandante gremista.

O empate em 0 a 0 com o Atlético-PR foi o quinto jogo seguido em que o Grêmio não marcou gols. Ainda assim, Renato defendeu seu time. Como de hábito, valorizou o empenho de seus atletas e lembrou a boa campanha da equipe no Campeonato Brasileiro: “quando cheguei aqui tinha gente dizendo que o Grêmio ia ser rebaixado. Apostei nesse grupo, cheguei na semifinal da Copa do Brasil e estamos em 3º lugar no Brasileiro. O grupo não é tão ruim assim, não é mesmo?”, questionou.

Com a eliminação na Copa do Brasil, o Grêmio volta seu foco para o Campeonato Brasileiro, onde tentará ser vice-campeão para obter uma vaga direta à Libertadores do ano que vem. No domingo, a equipe visita o líder Cruzeiro, no Mineirão. O Grêmio é o 3º colocado, com 54 pontos, dois à frente do Goiás, o primeiro clube fora do G-4 atualmente.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade