Futebol/Homenagem - ( - Atualizado )

Santos organiza partidas entre torcedores para comemorar bimundial

Santos (SP)

Em meio às comemorações pelos 50 anos do bicampeonato mundial – conquistado em 1963, contra o Milan, no Maracanã -, o Santos organizou o “Jogue na Vila”, que reuniu, em seis partidas, apenas torcedores santistas. O evento, que teve os ex-campeões Lima e Coutinho como treinadores das equipes, foi realizado no último sábado, no gramado da Vila Belmiro.

"Vim de Votuporanga só para jogar pelo meu time. A emoção é incrível e não tem explicações do que é pisar no mesmo campo em que Pelé e Neymar jogaram", disse o torcedor Marcos Vinicius de Oliveira, que enfrentou uma viagem de 650 km para realizar o sonho.

“Vem gente de todos os lugares do país, e é muito legal ver o carinho que eles têm por mim e por tudo que fiz pelo Santos", declarou Coutinho.

O evento foi organizado pela Santos FC Tour, agência oficial de viagens do clube, em parceria com a Netshoes. "A ação é um jeito de fazer com que o santista passe pelas mesmas emoções de seus ídolos e aproximá-los da Vila Belmiro", disse o CEO da Santos FC Tour, Guilherme Figueiredo.

Divulgação
Eterno companheiro de ataque do Rei Pelé, Coutinho passa algumas instruções aos seus "comandados"
Além das celebrações pelos títulos mundiais, o dia do evento coincidiu com o aniversário de um dos participantes do “Jogue na Vila”. O santista Edson Gordinho foi homenageado pelos filhos Rodrigo e Rafael. "A homenagem que eu recebi foi emocionante, e é muito bom passar o aniversário no meio da família santista", afirmou Edson.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade