Futebol/Copa Sul-americana - ( )

São Paulo inicia semifinal com a Ponte em noite de festa para Ceni

Helder Júnior São Paulo (SP)

A 1.116ª partida de Rogério Ceni com a camisa do São Paulo será uma das mais importantes do clube na temporada. Na noite desta quarta-feira, no Morumbi, a equipe capitaneada pelo goleiro artilheiro começará a definir uma vaga na decisão da Copa Sul-americana contra a Ponte Preta.

Indicando que pode encerrar a carreira ao final desta temporada, Ceni tem a oportunidade de se aposentar em alta com mais uma conquista continental. O São Paulo é o atual campeão da Sul-americana e, após fugir da zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro, tenta salvar o ano com um título e uma vaga na Copa Libertadores da América de 2014.

Para confirmar o favoritismo diante da Ponte, o time do Morumbi conta justamente com a experiência de seu capitão. Rogério Ceni alcançará o recorde de Pelé em número de jogos por um mesmo clube. “Mas Pelé é inigualável”, afirmou, sem deixar de desmerecer o seu feito. “É um casamento legal com o São Paulo, de 23 anos. Não me faço de coitado, pois sou remunerado, mas tenho um carinho muito especial a cada vez que visto essa camisa.”

Fernando Dantas/Gazeta Press
Muricy Ramalho está animado com a chance de fechar o ano com um título e a vaga na Libertadores
A festa para Ceni só será completa se o São Paulo conseguir largar bem na semifinal, conforme já avisou o técnico Muricy Ramalho. O zagueiro Antônio Carlos, homem de confiança do comandante, acrescentou: “Sabemos que esse título pode coroar o nosso ano, saindo de um momento muito ruim para um de felicidade”.

Do outro lado, contudo, a Ponte Preta desfruta da mesma animação para a partida. Apesar de ser a penúltima colocada do Campeonato Brasileiro, a equipe de Campinas já fez história em 2013 ao eliminar o argentino Vélez Sarsfield na etapa anterior da Sul-americana. A classificação chegou a ser definida pelo site da Conmebol como “a mais marcante” do torneio.

A Ponte usou até uma derrota nos bastidores para se entusiasmar ainda mais, pois foi proibida de usar o Moisés Lucarelli (que não tem a capacidade mínima de 20 mil expectadores, exigida no regulamento da Sul-americana) no jogo de volta com o São Paulo, em 27 de novembro. “Ficamos chateados porque ninguém falou em quebra de regulamento antes. O nosso espírito continua igual”, avisou o atacante Leonardo.

O técnico Jorginho manterá o próprio Leonardo como titular da Ponte caso William ainda não tenha se recuperado. Desfalque certo é o meia Adrianinho, suspenso, que dará lugar a Elias na armação de jogadas do time visitante.

No São Paulo, que poupou jogadores contra o Fluminense, pelo Campeonato Brasileiro, a dúvida está no setor ofensivo. Em baixa, Luis Fabiano corre o risco de perder espaço para o jovem Ademilson. Já Aloísio, reabilitado de contusão muscular, é presença quase certa no ataque titular do time de Muricy Ramalho.

FICHA TÉCNICA
SÃO PAULO X PONTE PRETA

Local: Estádio do Morumbi, em São Paulo (SP)
Data: 20 de novembro de 2013, quarta-feira
Horário: 21h50 (de Brasília)
Árbitro: Diego Abal (Argentina)
Assistentes: Hernan Maidana e Juan Belatti (ambos da Argentina)

SÃO PAULO: Rogério Ceni; Paulo Miranda, Antonio Carlos, Rodrigo Caio e Reinaldo; Denilson, Wellington, Douglas e Paulo Henrique Ganso; Ademilson e Aloísio
Técnico: Muricy Ramalho

PONTE PRETA Roberto; Artur, César, Ferrón e Uendel; Baraka, Fernando Bob, Felipe Bastos e Elias; Rildo e Leonardo
Técnico: Jorginho

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade