Futebol/Brasileiro Série B - ( - Atualizado )

Sem acesso à elite, Silas culpa falta de experiência e diálogo no Coelho

Belo Horizonte (MG)

A derrota do América-MG para o Joinville acabou com as chances de o Coelho retornar para a elite do futebol brasileiro. O técnico Silas lamentou a situação e culpou a falta de experiência do elenco pela eliminação da Série B faltando uma rodada para o fim da competição. Segundo ele, a ausência de diálogo entre os atletas em campo também pode ter prejudicado.

“Na verdade, a gente fica triste pela forma como aconteceu o jogo, que estava em nossas mãos. No primeiro tempo, tivemos muitas chances e no segundo tempo, faltando 25 minutos para acabar, em duas bobeiras, o Joinville virou o jogo. Acho que nem eles esperavam isso, e o nosso time se abateu. Às vezes, pecamos um pouco pela juventude, por não falar. Às vezes, uma palavra resolve tudo”, declarou.

Com a volta para a Série A adiada, Silas já começa a projetar 2014, mas garante que a maioria do elenco será mantida. “Talvez uns 70% desse time deverão ser mantidos e vamos incorporar outros atletas. A gente fica triste pela forma que foi o jogo. Tudo estava em nossas mãos. Mas não podemos parar, porque agora temos que ser profissionais, jogar com muita dignidade no sábado, para uma despedida honrosa”, disse.

Silas revelou ainda, que a ideia é testar alguns garotos da base no duelo contra o ABC, partida que fecha a Série B, e será realizada no Independência. “Vamos ver os meninos da base que já estão com a gente. Temos o Renato, o Xavier e os outros que já estavam conosco. E temos também o Willians, que conseguiu efeito suspensivo”, concluiu.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade