Futebol/Mercado - ( - Atualizado )

Sem centroavante no elenco, Barcelona pensa no 'barato' Lewandowski

Barcelona (Espanha)

Parece que a diretoria e a comissão técnica do Barcelona ainda não estão satisfeitos com o ataque do time. Tanto é que o centroavante Robert Lewandowski, do Borussia Dortmund, é o nome da vez no Camp Nou, que, por enquanto, não tem nenhum camisa 9 de ofício em seu estrelado elenco.

De acordo com o jornal catalão Sport, o contrato do polonês com o clube alemão vencerá no meio do ano que vem, fazendo com que a multa rescisória abaixe – o valor giraria em torno dos 8,5 milhões de euros (quase R$ 26 milhões), uma pechincha para os cofres geridos pelo presidente Sandro Rosell.

Segundo a imprensa europeia, Lewandowski vale, ao menos, 40 milhões de euros (aproximadamente R$ 122 milhões), custo-benefício que faz os olhos culés brilharem. O único problema está na possível concorrência: os ingleses Arsenal, Manchester City e Chelsea também estariam interessados nele.

Desde que se tornou um dos maiores artilheiros em atividade na Europa, Lewandowski foi ligado ao Bayern de Munique, rival do clube de Dortmund. No entanto, o treinador Pep Guardiola estaria fazendo pouco caso do polonês, já que está satisfeito com o croata Mario Mandzukic.

A falta da palavra final teria irritado Lewandowski, e a ida para a Allianz Arena poderá estar descartada. Enquanto isto, o comandante “Tata” Martino teria manifestado toda a sua vontade em contar com o terceiro maior artilheiro da Liga dos Campeões da Europa na última temporada.

Artilheiro do Campeonato Alemão, com 13 gols marcados, o polonês terá mais uma grande chance de chamar a atenção nesta quarta-feira, quando estará em campo para enfrentar o Arsenal, pela quarta rodada do Grupo F da Champions League.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade