Futebol/Campeonato Brasileiro - ( )

Sem chances de G-4, Montillo e Arouca cobram reta final digna

Salvador (BA)

O Santos visitou o Vitória neste domingo e amargou atuação para se esquecer. Além de ser derrotado por 2 a 0 no Barradão, o Peixe viu as chances de conquistar uma vaga na Copa Libertadores da América irem por água abaixo. Sem pretensões no Campeonato Brasileiro e com mais três jogos a cumprir, resta ao time da Baixada Santista honrar o peso de sua camisa.

“Tínhamos que ter jogado tudo ou nada aqui. Não caprichamos nas chances que tivemos no primeiro tempo e fomos castigados. As chances de chegar à Libertadores ficam impossíveis, mas vamos lutar para terminar o ano da melhor maneira para nosso torcedor”, lamentou o meia argentino Walter Montillo, que foi presa fácil para a forte marcação baiana em Salvador.

O discurso apresentado pelo camisa 10 foi compartilhado pela maioria dos santistas na saída do gramado do Barradão. Um dos únicos destaques da partida deste domingo, o volante Arouca não quer saber de relaxamento após o fim do sonho de chegar ao G-4 e quer emplacar 100% de aproveitamento nas três rodadas finais.

“Temos que terminar o campeonato com dignidade. Temos que honrar o tamanho da história do Santos. Vamos trabalhar e tentar somar o maior número de pontos”, projetou o camisa 5. Ao final da 35ª rodada, o Peixe soma 48 pontos e se vê estacionado na parte intermediária na tabela.

A participação santista na Série A de 2013 se encerra com os compromissos contra Fluminense, às 17 horas (de Brasília) de sábado em Presidente Prudente, Atlético Paranaense, no dia 1º de dezembro na Vila Belmiro, e Goiás, no dia 8 no Serra Dourada.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade