Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Tardelli brilha com três gols, e Atlético-MG aplica goleada no Goiás

Do correspondente Wanderson Lima Belo Horizonte (MG)

O torcedor atleticano que resolveu curtir os embalos de sábado à noite no Independência ficou satisfeito com a exibição do time, que dominou o confronto contra o Goiás e venceu por 4 a 1. Sem pretensões no Brasileiro, o Galo usou a partida como mais um teste de luxo rumo ao Mundial de Clubes, que será disputado em dezembro, no Marrocos.

O técnico Cuca observou que Tardelli e Fernandinho apresentam entrosamento quase perfeito, mostrando que o uso dos dois jogadores pelos lados do campo será uma arma importante no Mundial. O primeiro gol do jogo foi de Fernandinho, mas Tardelli não deixou por menos e balançou as redes em três oportunidades. Amaral anotou o tento de honra do Goiás. O Galo chegou aos 55 pontos, deixando os goianos estacionados nos 59, ainda brigando por lugar no G-4.

Na sequência do Campeonato Brasileiro, o Atlético-MG terá compromisso contra o Fluminense, no Maracanã, em jogo marcado para domingo, 1º de dezembro. Já o Goiás vai visitar o Grêmio, na nova arena do clube gaúcho, em um confronto direto por vaga na Libertadores de 2014.

Divulgação/Bruno Cantini/Atlético-MG
Além de brilhar com três gols, Diego Tardelli teve o nome gritado pela torcida, que pediu sua convocação para a Seleção
O jogo – Atuando em casa, o Galo iniciou o duelo contra os esmeraldinos pressionando bastante, e logo nos primeiros minutos quase marcou com Luan, que chegou atrasado para complementar cruzamento da esquerda. Acuado no campo de defesa, o Goiás compactou a marcação e passou a apostar nos contra-ataques ou em um erro individual dos atleticanos para chegar ao gol de Victor.

A blitz alvinegra até resultou em bola na rede, mas Fernandinho estava impedido na jogada. Com o passar do tempo, o Galo diminuiu o ritmo, dando um pouco mais de espaço para os visitantes, mas o Atlético-MG seguiu com a bola nos pés por mais tempo. Luan, Fernandinho e Tardelli garantiram a movimentação ofensiva no ataque mineiro, o que resultou em boas oportunidades durante a partida.

Aos 22, a torcida do Galo explodiu em alegria quando Luan levantou bola para área, Fernandinho e Tardelli confundiram o goleiro Renan, e Fernandinho empurrou para as redes para abrir os trabalhos no Horto. O gol atleticano fez justiça ao time que até o momento procurava a vitória com mais afinco. Mesmo em desvantagem, o Goiás foi cauteloso demais para agredir o Atlético-MG.

Divulgação/Bruno Cantini/Atlético-MG
Novo destaque do time mineiro, o meia-atacante Fernandinho abriu o caminho para a vitória do Galo
Somente aos 30 minutos é que a equipe esmeraldina chegou com real perigo, mesmo assim, em arremate de fora da área de Ramon, que obrigou Victor a se esticar todo para evitar o empate. A resposta dos donos da casa veio logo na sequência com Tardelli, que recebeu assistência de Fernandinho e finalizou cruzado para dilatar o marcador e levar o torcedor alvinegro à loucura nas cadeiras do Independência.

Ainda deu tempo para os visitantes diminuírem o placar na etapa inicial. Aos 43, a zaga atleticana vacilou após cobrança de lateral, e Amaral pegou rebote de bola na trave para marcar o gol esmeraldino. A equipe do técnico Enderson Moreira voltou para o segundo tempo mais animada para tentar o empate. Com isso, o jogo ganhou em dinamismo, já que o Galo manteve a vocação ofensiva.

Arte GE.Net
Inspirado, Tardelli protagonizou grandes jogadas durante os 90 minutos, desequilibrando o confronto em favor dos mineiros. Preocupado, o comandante esmeraldino tentou reforçar a marcação em cima do meia-atacante do Atlético-MG, que seguiu levando vantagem em cima da defesa.

Aos 21, Tardelli assinou uma verdadeira pintura, que contou com a participação de Luan, que mostrou categoria com uma assistência de letra para o atacante finalizar, ampliando a vantagem do Galo no Horto. Reverenciado pela torcida, Tardelli continuou brilhando e, aos 27, fez jogada individual e não perdoou o Goiás, marcando seu terceiro gol na partida e transformando o placar em goleada.

Mesmo com a vitória quase garantida, os atleticanos seguiram dominando inteiramente as ações, não dando qualquer possibilidade de reação para os visitantes. Enderson Moreira tentou fazer as substituições possíveis, mas não conseguiu mudar o cenário do jogo.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade