Futebol/Campeonato Brasileiro Série B - ( - Atualizado )

Técnico não garante permanência no ABC, mas pensa em título estadual

Natal (RN)

Mesmo após livrar o ABC (RN) do rebaixamento para a Série C do Campeonato Brasileiro, com a vitória sobre o Avaí, no Frasqueirão, por 1 a 0, o técnico Roberto Fernandes não garantiu sua permanência no cargo. Quando questionado sobre o prosseguimento no clube, o comandante foi enfático: “Esta pergunta tem que ser feita ao presidente”. No entanto, mesmo com o clima de indefinição, o treinador não deixou de fazer previsões sobre o Campeonato Potiguar, expondo a obrigação do clube alvinegro em conquistar o título.

“Sem América-RN e Potiguar (de Mossoró), a primeira fase do Estadual é obrigação para o ABC. Se você empata um jogo, ou perde outro, tudo que você fez anteriormente é jogado por água abaixo. Vamos pensar com calma. O ABC é o maior campeão brasileiro de estaduais e entra com total obrigação de ser campeão estadual. É um fato que não se pode desconsiderar”, ressaltou, em entrevista à Rádio Globo Natal.

Entretanto, ao passo que projetou o desempenho do Elefante no Campeonato Potiguar, Fernandes fez questão de ressaltar que não possui nenhum vínculo acordado para prosseguir no clube: “Não adianta a gente trabalhar em cima de suposição. A diretoria tem trabalhado para saldar com o elenco aquilo que foi acordado. Meu contrato é até o dia 30. Então, vamos trabalhar o jogo contra o América-MG. Depois, nós estamos livres para o ABC como também para qualquer outra situação”, expôs.

Por fim, o treinador confirmou que recebeu o contato de outros clubes, visando à temporada de 2014: “Tivemos quatro propostas, e eu entendi que não era o momento. Além do mais, estes clubes já contrataram seus treinadores. Mas eu também não estou numa sangria desatada por um time. Porém, não falo só da situação financeira. Falo em questão de projeto”, completou.

O ABC apenas cumpre tabela na última rodada da Série B do Campeonato Brasileiro, diante do América-MG. A partida será nesta sexta-feira, às 19h30 (de Brasília), no estádio Independência, em Belo Horizonte (MG).

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade