Futebol - ( )

Tite espera ajudar cartas fora do baralho no Corinthians

Marcos Guedes São Paulo (SP)

A reformulação do Corinthians para 2014 começou pela troca de técnico e terá sequência com jogadores como Emerson, Danilo e Douglas. O ainda comandante alvinegro, Tite, pede calma em relação a essa informação e diz que pretende ajudar esses atletas em suas duas últimas partidas na equipe.

O gaúcho contestou que a saída de alguns dos mais experientes membros de seu grupo esteja selada. E afirmou ter colocado como uma de suas metas contra Internacional e Náutico contribuir para o futuro deles, seja no clube do Parque São Jorge ou em outra agremiação.

“É outro técnico (Mano Menezes) que vai vir e determinar. E o próprio desempenho nos últimos jogos vai ser determinante em relação a isso. O técnico vai ser mais respeitoso em relação a eles, vai ter esse cuidado”, disse Tite, claramente contrário às mexidas na equipe que começaram por ele.

Divulgação/Agência Corinthians
Douglas é um dos jogadores que dificilmente começarão 2014 no Corinthians (foto: Daniel Augusto Jr.)
O comandante se controlou “por motivos éticos” a se manifestar explicitamente na direção oposta da que tomou a diretoria, mas defendeu as cartas aparentemente fora do baralho alvinegro. E apontou que os seguidos problemas físicos do time no segundo semestre atrapalharam esses jogadores.

De qualquer maneira, Tite diz ainda ver tempo para ajudá-los. Ele recordou sua primeira passagem pelo Corinthians e o desempenho do multifuncional lateral Zé Carlos na última rodada do Campeonato Brasileiro. O técnico sorriu largamente ao mencionar a gratidão do atleta.

“O Zé Carlos me disse: ‘Meu contrato acabou, professor’. Eu disse a ele que não tinha condição de ajudar: ‘Zé, você está emprestado, não vou correr o risco de te machucar, a decisão é tua’. Ele jogou, foi um jogo emblemático para mim, lembro com muito carinho. Ganhamos de 5 a 2, com dois gols dele, jogou muito. Havia japoneses assistindo, ele ficou três anos no Japão por causa disse. Cada vez que me encontra, ele agradece”, contou.

Foi mais ou menos isso o que ele relatou aos jogadores que, indica a diretoria, estão fora dos planos para 2014. “Cada momento é uma grande oportunidade que nós temos. É a mensagem que passo a eles.”

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade