Futebol/Brasileiro Série B - ( - Atualizado )

Verdão entende Cruzeiro, mas se nega a celebrar título antes de ser campeão

William Correia São Paulo (SP)

O Cruzeiro comemorou o título brasileiro deste ano com sua torcida, em um Mineirão lotado, antes mesmo da confirmação matemática da conquista. Os jogadores do Palmeiras, a um ponto de celebrar a Série B, entendem a reação do time celeste, mas se recusam a repetir a festa.

“Até agora, estamos felizes pelo que fizemos. Mas falta um ponto”, lembrou Juninho, escalado para ser, provavelmente, o último a dar entrevista coletiva na Academia de Futebol antes de o Verdão confirmar o bicampeonato na segunda divisão nacional.

Se os cruzeirenses fizeram festa após uma vitória por 3 a 0 sobre o Grêmio no domingo, não havia clima para os palmeirenses fazerem o mesmo depois de um triunfo com o mesmo placar no sábado, no Pacaembu. Esse é o argumento do Juninho.

“Em momento nenhum nós nos abraçamos nem comemoramos ainda porque não aconteceu. O grupo aqui é bem focado, com os pés no chão sempre, jogou a competição inteira desse jeito”, apontou o lateral esquerdo.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
Juninho acha que Cruzeiro mereceu comemorar antes, mas vê Palmeiras em outro ponto
O camisa 6 do Verdão, contudo, compreende a celebração realizada antes da hora em Belo Horizonte no domingo. “O Cruzeiro vive uma situação diferente, abriu muito, está com uma vantagem maior. Eles estão certos: dentro de casa, fizeram um belo jogo, têm que comemorar mesmo.”

No Palmeiras, porém, ainda existe a reação da torcida. Depois do 0 a 0 no Pacaembu lotado com o São Caetano, que garantiu o acesso antecipado à primeira divisão, a equipe ouviu vaias e, desde então, ouve das arquibancadas gritos de que não fez mais do que a obrigação.

Neste ambiente, a possibilidade de festa pelo título – que se confirmará caso o Verdão não perca do Paysandu ou a Chapecoense não vencer o Paraná mais cedo, em Curitiba – só aumenta porque a partida desta terça-feira ocorrerá em Belém, cidade na qual o time não joga há mais de três anos.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade