Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Visando Libertadores, Botafogo espera pressão contra Coritiba

Gazeta Press Rio de Janeiro (RJ)

O Botafogo enfrenta o Coritiba neste domingo, às 17 horas (de Brasília), no Estádio Couto Pereira, em um dos duelos mais esperados da penúltima rodada do Campeonato Brasileiro. A expectativa é de uma partida muito equilibrada e disputada, já que os dois times precisam triunfar para ficarem mais próximos aos seus objetivos. Atuando em casa, o clube alviverde, que aparece na zona de rebaixamento com 42 pontos, joga a sua vida na temporada, já que um novo tropeço dificilmente evitará a queda para Segunda Divisão.

Esperando uma forte pressão do adversário por causa da necessidade de vitória, o Botafogo estuda o melhor jeito de conseguir lidar com essa situação. Isso porque o time alvinegro, com 58 pontos, ocupa a quinta posição e também precisa triunfar para entrar na zona de classificação para a próxima edição da Copa Libertadores da América. Por isso, os atletas comandados pelo treinador Oswaldo de Oliveira pretendem fazer da inteligência a arma para construir o resultado que precisa.

“A nossa expectativa realmente é de uma pressão muito grande, pois o Coritiba também jogará sua vida no Campeonato Brasileiro e precisa demais do resultado. O Botafogo é o visitante e vai precisar saber lidar muito bem com isso para não ser surpreendido. Temos que jogar de maneira inteligente, sem deixarmos nos envolver pela pressão que eles tentarão impor”, afirmou o zagueiro Dório, que foi seguido pelo lateral esquerdo Julio Cesar.

“O Botafogo é um time muito experiente e qualificado, então acredito que conseguirá saber lidar bem com essa pressão que o Coritiba vai tentar nos impor. Jogando em casa e precisando do resultado, eles buscarão o jogo desde os primeiros minutos e precisamos estar atentos. Acredito que superando a pressão inicial e tocando a bola com inteligência, podemos ganhar”, completou o lateral esquerdo.

A definição do time que vai a campo começa nesta quarta-feira pela manhã, quando está previsto um treino no campo anexo do Engenhão. Nesta terça-feira, os titulares ficaram na academia realizando trabalho de reforço muscular, enquanto que os reservas estiveram em campo disputando um coletivo com os juniores.

O lateral direito Lucas, recuperado de cirurgia no tornozelo direito, deverá ser relacionado pela primeira vez em sete meses. O jogador, porém, não tem chances de começar jogando, mesmo com o desfalque do titular Edilson, que cumpre suspensão por ter sido advertido com o terceiro cartão amarelo no empate por 1 a 1 com o São Paulo, no último domingo. Gilberto deve herdar o posto.

O zagueiro Bolívar, que cumpriu suspensão contra o São Paulo, reaparece na vaga de Dankler. Já o meia uruguaio Lodeiro deverá seguir entre os reservas. Com dores na coxa direita, o volante Renato está sendo reavaliado, mas pode ser barrado mesmo que esteja em boas condições, já que o técnico Oswaldo de Oliveira estuda a entrada de Marcelo Mattos para melhorar o poder de combate do time.

Fora de campo, a diretoria chegou a um acordo com o consórcio que administra o Maracanã. As duas partes entraram em choque por causa de problemas durante a venda de ingressos para o jogo contra o Atlético-PR, na semana passada, que terminou com goleada por 4 a 0 do time alvinegro. O consórcio aceitou rever algumas de suas estratégias e questões envolvendo o contrato. A expectativa é que uma nova realidade possa ser vista no próximo jogo do time no estádio, dia 8 de dezembro, às 17 horas (de Brasília) contra o Criciúma, pela última rodada do Brasileiro.

Publicidade

Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade