Atlestismo/São Silvestre - ( - Atualizado )

Cercado por seguranças, Papa Francisco benze atletas antes da prova

Yan Resende, especial para a GE.Net São Paulo (SP)

Antes de encarar os 15 km de percurso da 89ª Corrida Internacional de São Silvestre, os atletas tiveram a oportunidade de receber uma benção diferente na Avenida Paulista. Nas proximidades do Masp (Museu de Arte de São Paulo), o piauiense Francisco de Chagas se vestiu de Papa Francisco e recebeu o carinho dos participantes que aproveitavam para tirar fotos com o pontífice.

Em sua 11ª edição da tradicional prova paulistana, o participante de 48 anos fez uma fantasia elaborada. Além das vestimentas do Papa Francisco, o piauiense contou com três seguranças para fazer sua escolta e se movimentou entre os 27.500 inscritos com um ‘Papamóvel’ - veículo especialmente fabricado para a locomoção do pontífice durante aparições públicas.

Para atrair a atenção do público, o corredor explica que tenta homenagear as personalidades mais importantes de cada ano, como o cantor Michael Jackson em 2009, data de seu falecimento. “Espero o acontecimento no meio do ano para fazer a fantasia. Tivemos dois papas esse ano. Então resolvi homenagear o Papa Francisco, o mais querido e o mais abençoado de todos”.

Fernando Dantas/Gazeta Press
O piauiense Francisco de Chagas se vestiu de Papa Francisco e animou os corredores antes do início da prova
A estratégia parece ter dado resultado. O alto número de admiradores que buscavam uma foto com o personagem dificultava o acesso ao piauiense. Em tom de brincadeira, os três seguranças que comandavam o ‘Papamóvel’ aproveitavam a aglomeração para incorporar seus personagens, afastando o público em momentos de maior assédio.

De acordo com Francisco Chagas, a fantasia não é usada apenas durante a concentração da São Silvestre. Ao longo da prova, o piauiense também aproveita para fazer a festa não só com os participantes, mas também com aqueles que acompanham os corredores pelas ruas de São Paulo. “Vou dar benção o dia inteiro para o povo”, garantiu o Papa Francisco com um sorriso no rosto

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade