Atletismo/São Silvestre - ( )

Esperança brasileira, Marily revela preparação especial para a SS

Bruno Ceccon São Paulo (SP)

Na tentativa de maximizar seu rendimento em provas de percurso mais rápido, como a Corrida Internacional de São Silvestre, a brasileira Marily dos Santos fez uma preparação especial em 2013. Uma das principais esperanças do Brasil, ela tem dois terceiros lugares no currículo.

“Nesse ano, diminui o número de maratonas e meias focando justamente provas como a São Silvestre. Senti que estou mais descansada e treinei para melhorar justamente as qualidades que essa prova exige, como descidas muito rápidas e subidas cansativas no final”, explicou Marily.

Treinada pelo marido Gilmário Mendes, a alagoana subiu ao pódio no terceiro lugar da edição de 2008 da São Silvestre, vencida pela etíope Yimer Wude Ayalew. No ano seguinte, quando o triunfo ficou com a queniana Pasalia Chepkorir, a fundista alagoana repetiu o feito.

“Para mim a São Silvestre será uma incógnita. Como é a prova mais internacional do país, conhecemos as adversárias apenas na largada. Entre as brasileiras, algumas escolheram a São Silvestre como prioridade e nessa época do ano existem muitas treinando com a mesma intenção”, declarou Marily.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
A experiente brasileira Marily dos Santos preparou um treinamento especial na tentativa de ganhar a SS
Aos 35 anos, a alagona se diz praticamente pronta para a corrida. “Estou dentro das expectativas pessoais, sem empolgação nem acomodação. O equilíbrio é importante pra distribuir as energias durante as variações do percurso”, declarou Marily dos Santos.

As competidoras brasileiras lutam para encerrar um jejum na prova feminina da São Silvestre, já que a última local a vencer foi Lucélia Peres, em 2006. Desde então, triunfaram as quenianas Alice Timbilili (duas vezes), Pasalia Chepkorir, Prisca Jeptoo e Maurine Kipchumba, além da etíope Yimer Wude Ayalew.

A 89ª edição da Corrida Internacional de São Silvestre, idealizada pelo jornalista Cásper Líbero, será realizada no próximo dia 31 de dezembro. A largada do pelotão de elite feminino está prevista para as 8h40 (de Brasília), 20 minutos antes do grupo masculino.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade