Corrida Internacional de São Silvestre - ( )

Fisiologista recomenda hidratação planejada para combater calor

São Paulo (SP)

Disputada no último dia do ano, a Corrida Internacional de São Silvestre tem geralmente na alta temperatura um dos principais desafios aos atletas, sobretudo os amadores. Para o Dr. Turíbio Leite de Barros, fisiologista do São Paulo Futebol Clube por 25 anos, a hidratação deve ser uma das principais preocupações dos corredores.

Assim como no ano passado, a São Silvestre será realizada no período da manhã, com a primeira largada, para corredores cadeirantes, às 6h50, e para portadores de necessidades especiais, às 6h55. O pelotão de elite feminino terá a largada às 8h40. Logo em seguida, às 9h, é a vez do pelotão de elite masculino, pelotão especial (masculino e feminino) e atletas em geral.

“Com certeza a questão do calor é um adversário a mais quando se pensa no período de treinamento e também no dia da prova. Não pode descuidar. Não precisa ter preocupação de que a ingestão de isotônico possa ser desaconselhável, é sempre bom valorizar a hidratação por isotônico”, recomenda o fisiologista.

Uma alternativa para não sofrer com o calor no dia da corrida é ajustar os treinamentos para o horário em que a prova será realizada e também simular os desafios encontrados no percurso da São Silvestre, que tem como característica a oscilação entre trechos planos, de aclive e declive.

Assim, o corredor pode descobrir a quantidade de líquido que perde durante a corrida e saber o quanto precisa repor.

“É importante ter uma estratégia de hidratação, saber quanto se perde em cada sessão de treinamento e tentar adaptar o volume de líquido para a ingestão. O problema é que a desidratação é meio traiçoeira, quando o indivíduo começa a sentir alguma coisa já está desidratado. Por isso é importante se planejar para não precisar correr atrás do prejuízo”, explicou Turíbio Leite.

O fisiologista também recomenda que os corredores comecem a diminuir a intensidade dos treinos gradualmente a aproximadamente duas semanas da São Silvestre com intenção de poupar os músculos para os duros 15km de percurso pelas ruas e avenidas de São Paulo no dia 31 de dezembro.

O trajeto da prova segue o mesmo de 2012. A largada será na avenida Paulista, altura da rua Frei Caneca, e a chegada acontecerá em frente ao prédio da Fundação Cásper Líbero.

Fernando Dantas/Gazeta Press
Percurso de 15km da Corrida Internacional de São Silvestre conta com postos de hidratação

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade