Corrida Internacional de São Silvestre - ( )

Histórico deixa Polícia Militar tranquila para 89ª São Silvestre

André Sender São Paulo (SP)

A 89ª edição da Corrida Internacional de São Silvestre, disputada em 31 de dezembro, contará mais uma vez com o apoio da Polícia Militar do Estado de São Paulo. O evento tem histórico de tranquilidade, mas a corporação contará com profissionais em Bases Comunitárias Móveis, viaturas e também da Ronda Ostensiva com Apoio de Motocicletas (Rocam).

A primeira largada, para corredores cadeirantes, será às 6h50 (de Brasília), seguida pela largada dos portadores de necessidades especiais, às 6h55. Às 8h40, a corrida terá início para o pelotão de elite feminino, 20 minutos antes do pelotão de elite masculino, do especial e os demais competidores. Os policiais estarão posicionados a partir das 6h.

“Não há histórico de problemas de segurança na prova. Não dá para comparar com um jogo entre Corinthians e Palmeiras, que também é um evento esportivo, ou com o Grande Prêmio do Brasil de Fórmula 1. Na São Silvestre você tem crianças, família, é um público diferente e que vai com outro espírito”, afirmou o coronel Benedito Roberto Meira, comandante geral da PM.

Neste ano, a contenção do público será feita por seguranças particulares, contratados pela organização da São Silvestre, e gradis, seguindo o padrão das principais provas internacionais. Desta forma, a PM pode concentrar suas ações em possíveis ocorrências e no trabalho dos batedores, destacados do 2º Batalhão de Choque.

A área de maior preocupação da corporação nos 15km de percurso é a Avenida Paulista, que recebe a largada e a chegada da 89ª edição da São Silvestre. O início da prova ocorre na altura da Rua Frei Caneca. O fim, em frente ao edifício da Fundação Cásper Líbero, no número 900 da via.

“Onde existe uma concentração maior de pessoas, tenho um número maior de policiais. Estamos buscando otimização de recursos nos modelos de outras competições internacionais. Assim você utiliza a polícia onde realmente se necessita”, explicou o coronel Meira.

A 89ª edição da São Silvestre apresentou crescimento de 10% no número de inscritos em relação aos anos anteriores. Serão 27.500 atletas correndo pelas ruas de São Paulo, em vez dos 25 mil de 2012 e 2011.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
Polícia Militar de São Paulo traçou plano especial de ação para a 89ª Corrida Internacional de São Silvestre

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade