Corrida Internacional de São Silvestre - ( )

Ingestão de carboidrato pode auxiliar na recuperação em dia de festa

São Paulo (SP)

A recuperação dos atletas que participarem da Corrida Internacional de São Silvestre pode ser mais demorada do que em outras provas por conta das comemorações de fim de ano, em que é comum o consumo de bebidas alcoólicas. Mas a ingestão de carboidratos logo após o evento esportivo pode auxiliar neste processo.

A São Silvestre é disputada tradicionalmente em 31 de dezembro, dia em que muitos dos corredores têm como compromisso apenas horas após o evento a participação em festas de fim de ano.

“Se possível, o corredor deve valorizar muito a importância de ingerir carboidrato o mais rápido possível depois de ter terminado a prova. Isso é o que mais pode acelerar sua recuperação”, explicou o Dr. Turíbio Leite de Barros, fisiologista do São Paulo Futebol Clube por 25 anos.

Até 1988, a São Silvestre era disputada à noite e servia como rito de passagem de muitos atletas, profissionais e amadores, de uma temporada para outra. Desde o último ano da década de 1980, no entanto, a prova ocorre durante o dia. Em 2013, o evento será realizado pela manhã pela segunda vez consecutiva.

A primeira largada, para corredores cadeirantes, ocorre às 6h50 (de Brasília), seguida da para portadores de necessidades especiais, às 6h55. O pelotão de elite feminino terá a largada às 8h40. Logo em seguida, às 9h, é a vez do pelotão de elite masculino, pelotão especial (masculino e feminino) e atletas em geral.

“É um dia em que quase ninguém estará preocupado em se recuperar rápido, mas sim em comemorar a passagem do ano. Neste caso é admissível que o indivíduo deixe a recuperação em segundo plano”, afirmou Turíbio Leite de Barros.

Em 2013, a São Silvestre chega a sua 89ª edição consecutiva e terá o mesmo trajeto do último ano, com largada e chegada na Avenida Paulista. O início da prova será na altura da Rua Frei Caneca. O fim, após 15km, em frente ao edifício da Fundação Cásper Líbero, no número 900 da via.

Djalma Vassão/Gazeta Press
Completar os 15km da Corrida Internacional de São Silvestre exige grande esforço físico

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade