Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Agora em lado oposto, Cuca exalta profissionalismo contra Fluminense

Belo Horizonte (MG)

Mesmo sem maiores pretensões no Campeonato Brasileiro desta temporada, o Atlético-MG segue mostrando empenho na competição nacional. Prova disso foi o jogo contra o Fluminense, neste sábado, no Maracanã, onde o time alvinegro ficou em desvantagem no marcador e conseguiu gol de empate por 2 a 2 já no final do confronto, aos 38 minutos. O resultado não causou grandes alterações no momento da equipe mineira no torneio, mas complicou a situação do clube tricolor na disputa contra o rebaixamento.

Atualmente no Atlético-MG, o treinador Cuca comandou o Fluminense em grande reação que culminou em permanência na elite do Campeonato Brasileiro em 2009. Entretanto, agora no time alvinegro, o técnico gaúcho não facilitou para o adversário carioca.

“Nossa vida é assim. Somos profissionais. Hoje eu sou funcionário do Atlético-MG. Lógico que sempre guardarei aquele trabalho com um dos melhores, se não for o melhor da minha vida, mas é passado. Eu fui demitido, aquilo passou. O Fluminense foi campeão brasileiro e hoje luta contra o rebaixamento, mas ainda tem chances, não acabou”, afirmou o treinador.

Faltando uma rodada para o término do Campeonato Brasileiro, o Fluminense ocupa a 16ª colocação na tabela de classificação, com 43 pontos, e pode entrar na zona de rebaixamento ainda neste domingo. Para isso, Vasco (41 pontos) ou Coritiba (42 pontos) precisam triunfar diante de Náutico e Botafogo, respectivamente. O Atlético-MG, por sua vez, é o sexto colocado, com 56 pontos.

O clube tricolor encerra sua participação na competição nacional no próximo domingo, às 17 horas (de Brasília), quando mede forças com Bahia, na Arena Fonte Nova. No mesmo dia e horário, o Atlético-MG enfrenta o Vitória, no estádio Independência.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade