Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Alessandro promete ir à arquibancada após encerrar a carreira

São Lourenço da Mata (PE)

Alessandro agora é um ex-jogador de futebol. O lateral direito encerrou a sua trajetória como profissional na noite deste sábado, na derrota por 1 a 0 do Corinthians para o Náutico, na Arena Pernambuco. Seu destino, no entanto, já é certo: o CT Joaquim Grava (como empregado do clube) e as arquibancadas (como torcedor).

“Já torcia bastante pelo Corinthians quando ficava fora do time por conta de lesões ou suspensões e sofria para caramba. Falei para a rapaziada tomar cuidado porque serei mais um torcedor lá em cima a partir de agora”, disse, olhando para as cadeiras da Arena Pernambuco. “Quero ir para a arquibancada e continuar acompanhando o Corinthians de perto.”

Alessandro certamente estará próximo do Corinthians. A diretoria pretende oferecer um cargo no clube ao capitão das históricas conquistas da Copa Libertadores da América de 2012 e do Mundial de Clubes do mesmo ano.

“Ainda não sei o que vou fazer. Desejo seguir no Corinthians, pois plantei algumas coisas aqui. Depois de seis anos de clube, tenho algo a oferecer. Não sei exatamente qual será a minha função, mas a diretoria definirá. Nunca tive empresários e confio nas pessoas que estão aqui”, avisou.

Por enquanto, contudo, o lateral prefere curtir as homenagens que tem recebido de torcedores e funcionários do Corinthians. Em Pernambuco, ele novamente segurou o choro – como havia ocorrido no adeus ao Pacaembu, no fim de semana passado – ao ser ovacionado pelo público alvinegro.

Divulgação/Agência Corinthians
Alessandro não conseguiu comemorar uma vitória em seu adeus (foto: Daniel Augusto Jr./Ag. Corinthians)
“Quem realmente acompanhou a minha carreira sabe o que estou sentindo. As lágrimas se transformaram em suor, pois o que não falta em mim é vontade de chorar. Agradeço a todos por cada minuto, cada mês e cada ano de Corinthians. É difícil achar palavras para traduzir o que está passando na minha cabeça”, discursou.

Também foi complicado para Alessandro enfrentar o Náutico, último colocado do Campeonato Brasileiro. A emoção era tamanha que interferiu no desempenho do veterano. “Acabei errando uns lances bobos, pois não estava muito compenetrado na partida. Fica passando um filme na cabeça. Estou me despedindo de uma forma alegre, mas me emociono, já que sei o quanto vou sentir falta do futebol”, disse.

Não foi só Alessandro que teve um mau desempenho nesta noite. O restante do time do Corinthians voltou a errar bastante e não conseguiu proporcionar uma boa despedida para Alessandro e para o técnico Tite – que será substituído por Mano Menezes – na Arena Pernambuco.

Apesar do tropeço contra o Náutico, o torcedor Alessandro seguiu confiante em seus ex-companheiros. “Tenho certeza de que os próximos anos do Corinthians serão ótimos, de conquistas”, previu, recusando-se a presentear torcedores com a sua faixa de capitão. “Vou guardar porque vivi grandes momentos com essa tarja, como campeão mundial e da Libertadores.”

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade