Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Alessandro vai bater eventual pênalti em sua despedida do futebol

Marcos Guedes São Paulo (SP)

Terminado o último treino tático do Corinthians no ano, Alessandro praticou cobranças de pênalti ao lado de Cleber e Romarinho. O lateral direito, que vai se aposentar no sábado, será o batedor caso a oportunidade se apresente na partida de sábado, contra o Náutico, em Recife.

“Coloquei o Alessandro para treinar penalidades máximas. Ele não é um dos primeiros, mas está no rol de batedores. Cobrou em disputas nossas contra o São Paulo, o Palmeiras e o Grêmio. É o último jogo. Sentindo-se bem, vai ser o batedor”, afirmou o técnico Tite, que também está de saída.

A ideia do gaúcho é, no adeus, premiar com um gol o capitão de suas principais conquistas no Corinthians. Alessandro, perto de completar 35 anos, esteve em todos os triunfos alvinegros desde a Série B de 2008 e ficou na história erguendo as taças da Copa Libertadores e do Mundial de 2012.

Divulgação/Agência Corinthians
Alessandro fez na manhã de sexta-feira o último treinamento de sua carreira (foto: Daniel Augusto Jr.)
A sequência provavelmente teria sido diferente não fosse justamente um gol de Alessandro. Em 6 de fevereiro de 2011, logo após a traumática eliminação diante do Tolima na fase prévia da Libertadores, o lateral marcou o gol da vitória por 1 a 0 sobre o Palmeiras no Pacaembu.

Tite é o primeiro a admitir que sua demissão era provável em caso de derrota naquele clássico, no qual contou também com uma atuação excelente do goleiro Julio Cesar. O gaúcho ficou, assim como Alessandro, e ambos vão se despedir no próximo final de semana.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade