Futebol/Copa Sul-americana - ( )

Após comparação de Jorginho, Baraka se inspira em Dunga para final

Luiz Ricardo Fini São Paulo (SP)

A atuação de Baraka nos jogos contra o São Paulo motivou o técnico Jorginho a comparar o meio-campista da Ponte Preta a Dunga, apesar de ter deixado claro que o tetracampeão tinha mais qualidade conduzindo a bola. Os elogios do treinador da Macaca inspiram o volante do clube, que ouve agora brincadeiras dos colegas de elenco.

“Os moleques ficam brincando e falando que sou o Dunga do Majestoso (risos), mas é uma comparação difícil, porque ele era diferenciado. Na vontade de vencer e de conquistar, acho que me igualo ao Dunga. Claro que é bom ter o trabalho reconhecido, mas aumenta a responsabilidade”, afirmou.

Baraka completará 100 jogos pela Ponte Preta justamente nesta quarta-feira, no primeiro duelo da decisão da Copa Sul-americana, contra o Lanús, no Pacaembu. Ao reiterar os elogios ao jogador, Jorginho recordou que precisou dar broncas para fazer o atleta seguir o exemplo de Dunga também na hora de cobrar o time.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
Jorginho comparou o volante Baraka a Dunga depois que eliminou o São Paulo na semifinal
“A característica dele é de luta, raça e vontade. Mas já chamamos muito a atenção dele, porque também precisa organizar a equipe. Ele pegou isso e, quando sai para marcar, chama o companheiro para o posicionamento dele. Isso tem ajudado muito nosso trabalho”, comentou o treinador.

Pelo período em que está na Macaca, Baraka tem ciência da cobrança pelo título da Sul-americana. “Quem já jogou na Ponte sabe da pressão que existe aqui, mas estou feliz por estar neste momento especial do clube e por completar 100 jogos. Espero alcançar o objetivo, que é conquistar o título”, completou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade