Futebol/Mercado - ( - Atualizado )

Após segurar Ceni, São Paulo também renova com Muricy Ramalho

São Paulo (SP)

O São Paulo teve uma manhã agitada neste sábado. Além de ter acertado a renovação do contrato do goleiro Rogério Ceni, o Tricolor também prolongou o vínculo do técnico Muricy Ramalho, que permanecerá no Morumbi até 2015.

No decorrer da semana, o técnico já tratava sua renovação como questão de tempo, depois de algumas conversas com o presidente Juvenal Juvêncio. Na manhã deste sábado, o mandatário compareceu no CT da Barra Funda para oficializar o acerto.

“Sempre disse que com o doutor Juvenal Juvêncio não precisaria de muita conversa para eu renovar. Sempre foi assim entre a gente, porque eu o respeito muito e nossa conversa sempre foi muito direta. E foi assim desta vez de novo”, afirmou o treinador, depois de ter oficializado o acordo.

Fernando Dantas/Gazeta Press
Técnico Muricy Ramalho assinou a renovação por mais duas temporadas com o São Paulo
O mandatário adotou um discurso semelhante ao do técnico. “Ele é um treinador de incontestável competência, que conhece a casa como ninguém, tem o mais absoluto respeito dos atletas e um enorme carinho por parte do torcedor. Sempre soube, como fora em outras oportunidades, que a conversa entre nós seria muito simples e rápida, como efetivamente foi, porque Muricy e eu sempre nos entendemos e nos respeitamos muito”.

Tricampeão brasileiro pelo São Paulo (2006, 2007 e 2008), Muricy deixou o clube em junho de 2009, ao ser demitido por conta dos fracassos constantes na Copa Libertadores da América. Em seguida, o técnico teve passagens por Palmeiras, Fluminense e Santos, além de ter recusado convite da Seleção Brasileira na época em que dirigia a equipe do Rio de Janeiro.

O treinador, então, retornou ao São Paulo em setembro deste ano para salvar o clube do rebaixamento, substituindo Paulo Autuori. Além de ter livrado o time da degola, o comandante era um dos maiores defensores da permanência de Rogério Ceni, que adiou a aposentadoria e assinou a renovação por mais um ano.

Muricy é o quarto técnico que mais dirigiu o São Paulo, com 388 jogos pelo clube (209 vitórias, 106 empates e 73 derrotas). O novo contrato permitirá que o técnico ultrapasse na próxima temporada seu mentor Telê Santana (411 partidas) e Poy (422). Já o líder do ranking são-paulino é Vicente Feola, com 532 compromissos.

“Estou feliz de ficar, porque aqui é a minha casa e o carinho que o torcedor do São Paulo demonstra por mim me motiva demais para trabalhar nesse clube. Estou muito empolgado para que a gente tenha um ano muito bom em 2014”, completou o técnico, ao site do time.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade