Futebol/Campeonato Brasileiro - ( )

Argel desabafa após permanência do Tigre: "Missão dada é missão cumprida"

Criciúma (SC)

Apesar da derrota por 3 a 0 para o Botafogo, o Tigre continua na primeira divisão devido à derrota do Vasco para o Atlético-PR. Após a confirmação da permanência na Série A do Campeonato Brasileiro, o técnico Argel Fucks desabafa e diz que o elenco deve comemorar a continuidade na elite do futebol nacional como se tivesse sido campeão.

"Quando tem um comandante que dá um respaldo, eles (jogadores) colaboram. Agora é comemorar como se fosse um título. A permanência, quando caem grandes clubes, e ano de Copa do Mundo, tem que ser comemorada. Conheço o Criciúma como a palma da minha mão, então quando você recebe um chamado do Tigrão, do (presidente) Antenor Angeloni, não tem como dizer não. E missão dada é missão cumprida", declara o treinador.

Desabafando, o Argel Fucks comemora o fato de o Criciúma ter “fincado os pés” na principal competição nacional. "Agora a gente coloca os nossos dois pés na Série A, sou treinador de Série A. Quando todo mundo achava que o Criciúma era carta fora do baralho, nós fincamos os dois pés. Eu entrego o time na Série A para o presidente, para a torcida. Chegamos em um momento complicado e só tenho a agradecer", disse o treinador, que comandou o Tigre na luta contra o descenso e conseguiu fazer 13 dos 18 pontos que disputou nas últimas seis rodadas.

Já com a cabeça na próxima temporada, o treinador afirma querer renovar o contrato e continuar no comando do clube carvoeiro. "Se depender da minha parte, eu fico. Meu contrato encerra hoje (domingo) e sou feliz no clube. Subimos o clube em 2010 para a Série B. Nesse ano pegamos o time em um momento conturbado. A prioridade é ficar no Criciúma. Vou conversar com o presidente, mas tenho interesse em permanecer", finalizou.

O Criciúma venceu 13 vitórias e empatou sete jogos no Campeonato Brasileiro, acumulando 46 pontos. O Tigre dependia apenas de suas próprias forças para se livrar do descenso, mas, como perdeu do Botafogo por 3 a 0, precisou da derrota sofrida pelo Vasco para o Atlético-PR para continuar na elite do futebol nacional. O clube venceu 34 e empatou 17 das 77 partidas da temporada, alcançando aproveitamento de 51,5%.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade