Futebol/Campeonato Inglês - ( - Atualizado )

Arsenal e Chelsea fazem clássico de seis pontos no Campeonato Inglês

Londres (Inglaterra)

Na noite desta segunda-feira, o clássico londrino entre Arsenal e Chelsea fecha a 17ª rodada do Campeonato Inglês. O duelo entre o terceiro e o quarto colocado do torneio ganha ainda mais importância devido aos resultados dos demais concorrentes às primeiras posições nesta rodada.

Com as vitórias de Liverpool e Manchester City neste sábado, os times londrinos desceram posições na classificação e precisam vencer para recuperar os postos perdidos. O Arsenal, que ocupava a ponta da tabela, vem de dois tropeços no campeonato e está um ponto atrás do líder Liverpool. Já o Chelsea, a três pontos de distância da ponta, vive bom momento e venceu quatro dos últimos cinco compromissos pela Premier League.

Sem vencer um título do Campeonato Inglês desde a temporada 2003/04, os Gunners surpreenderam com ótimo começo de temporada. Além da briga pela liderança do nacional, o time ainda está nas oitavas de final da Liga dos Campeões, onde duelará com o atual campeão Bayern de Munique. O Chelsea, apesar da derrota da última terça-feira para o Sunderland, que eliminou o time da Copa da Liga, mantém boas atuações na temporada e conta com uma espinha dorsal brasileira para conquistar os três pontos nesta segunda-feira.

AFP
Há nove jogos sem perder de Wenger, Mourinho quer manter invencibilidade nesta segunda-feira

Com David Luiz e Ramires como titulares absolutos, os Blues contam ainda com Willian e Oscar, que brigam por vaga no meio-campo e praticamente se revezam nas partidas. Desfalcado por Essien, que levou o terceiro cartão amarelo na última rodada, o técnico José Mourinho deve utilizar Obi Mikel para fazer dupla de volantes com Lampard. Do outro lado, o Arsenal não poderá contar com Wilshere, suspenso, e Koscielny, lesionado. Vermaelen deve substituir o zagueiro, mas dois jogadores disputam a vaga do camisa 10. Caso queira dar força ao meio-campo, Arséne Wenger pode utilizar Arteta, mas também tem a opção de Rosický, que ajudaria Ozil na armação.

O meia-campista alemão é a preocupação de Mourinho para o clássico. “Mesut é um jogador fenomenal. Chegou ao Arsenal e começou a jogar imediatamente. É impossível pará-lo durante toda a partida, porque é o tipo de jogador que sempre surpreende em algum momento e prova sua qualidade”, elogia o técnico português. No comando do Chelsea, Mourinho nunca perdeu para o Arsenal sob o comando de Wenger, mas não exalta o tabu de nove partidas. “Não sou eu contra o Wenger, é o meu Chelsea contra o Arsenal dele, mas este recorde não joga na segunda-feira. Continua a ser um clássico londrino com bastante atrativo”, afirma.

As equipes londrinas se enfrentam a partir das 18 horas desta segunda-feira, no Emirates Stadium, casa do Arsenal, em Londres e vale pela 17ª rodada do Campeonato Inglês.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade