Futebol/Copa do Mundo - ( - Atualizado )

Às vésperas de sorteio, Ronaldo avisa: “Pode vir qualquer um”

William Correia, enviado especial Costa do Sauípe (BA)

A partir desta sexta-feira, os 32 países classificados para a Copa do Mundo de 2014 conhecerão seus grupos e adversários na competição. No clima de ansiedade e temor pela formação de um grupo da morte para a Seleção Brasileira, o ex-atacante Ronaldo se mostrou completamente confiante no trabalho por Luiz Felipe Scolari.

De acordo com o Fenômeno, campeão com Felipão no Mundial de 2002 na Coreia do Sul e no Japão, o time não precisa se preocupar com a possível companhia de seleções campeãs. Em simulação feita pela Fifa na última quarta-feira, por exemplo, o Brasil teria França e Itália, além da Austrália, na chave A.

“Pode vir qualquer um, a Seleção Brasileira está muito bem”, garantiu o maior artilheiro da história das Copas, com 15 gols. Questionado se teme algum adversário em específico, Ronaldo respondeu com bom humor: “O Brasil não precisa temer ninguém. Principalmente eu, que não jogo mais e só tenho que comentar”.

O Fenômeno logo se apressou em deixar os jornalistas para seguir ao jantar de gala organizado pela Fifa às vésperas do sorteio na Costa do Sauípe. Embalado pelo clima baiano, Ronaldo partiu para o evento de camiseta e bermudão e já mastigando alguns petiscos enquanto cumpre suas funções como membro do Comitê Organizador Local.

AFP
Ronaldo tem aproveitado as mordomias do resort na Costa do Sauípe enquanto trabalha pelo COL

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade