Futebol/Mundial de Clubes - ( )

Atlético-MG mede forças com Guangzhou na despedida de Cuca

Do correspondente Wanderson Lima Belo Horizonte (MG)

Depois de decepcionar milhões de torcedores pelo mundo, o Atlético-MG tenta juntar os cacos para a decisão do terceiro lugar do Mundial de Clubes. Os mineiros vão encarar os chineses do Guangzhou Evergrande, duelo marcado para este sábado, às 14h30 (horário de Brasília), em Marrakesh, no Marrocos. O confronto ainda carrega o tom de despedida já que será o último jogo de Cuca no comando do Galo.

O treinador recebeu uma proposta milionária do futebol da China e antes mesmo de começar o Mundial já tinha comunicado aos jogadores que deixaria o comandando da equipe. A ideia, porém, era ir embora com mais um título, o que não pode mais acontecer devido à derrota para o Raja Casablanca na semifinal.

Mesmo com a decepção, Cuca tenta levantar o astral dos jogadores afirmando que neste momento tem que existir profissionalismo. "profissionalismo e hombridade, tem que assim para decidir o terceiro lugar”, disse Cuca. O atacante Diego Tardelli tem opinião semelhante. "A gente precisa assumir a responsabilidade. Tem mais um jogo e vamos tentar buscar o terceiro lugar para terminar bem o ano", comentou.

Divulgação/Atlético Mineiro
No primeiro jogo no Mundial de Clubes, o Galo não conseguiu superar o Raja Casablanca e vai disputar o terceiro lugar
Se na estreia do Mundial, O Atlético-MG contou com o apoio de grande número de torcedores, o mesmo não deve acontecer neste sábado. Milhares de atleticanos tentam negociar os ingressos para antecipar o retorno ao Brasil. Como o Raja Casablanca, time do Marrocos, vai decidir o torneio, ficou fácil para os alvinegros negociarem as entradas.

O jogo contra o Guangzhou Evergrande tem pouco sentido prático para o Atlético-MG, mas vai servir ao menos para amenizar a exibição ruim da estreia e para reencontrar o ex-atleticano Muriqui, que teve boa passagem pelo Galo em 2010 e acabou negociado para o time chinês.

Satisfeito no Guangzhou, Muriqui destaca o crescimento do futebol da China, que segundo ele chegou a um patamar que muitos não acreditavam que poderia alcançar. O jogador respeita o Atlético-MG, mas quer conquistar o terceiro lugar do Mundial para elevar o futebol da China ainda mais. O atleta frisa ainda que é uma honra disputar um Mundial de Clubes.

“Só de estar aqui jogando com os maiores craques do mundo é algo importante para gente. Temos que ressaltar o crescimento do futebol chinês. Chegamos num patamar em que muitos nunca acreditariam antes e hoje estamos aqui no Mundial dividindo o campo com os melhores da Europa e da América. Foi uma experiência válida e queremos terminar com esse terceiro lugar”, afirma.

Divulgação/Atlético Mineiro
Elkeson, ex-Botafogo e Vitória, é um dos destaques do Guangzhou Evergrande
FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-MG X GUANGZHOU EVERGRANDE

Local: Le Grande Stade, em Marrakesh (MAR)
Data: 21 de dezembro de 2013, sábado
Horário: 14h30 (de Brasília)
Árbitro: Alireza Faghani (IRN)
Assistentes: Hassan Kamranifar e Reza Sokhandan (ambos do Irã)

ATLÉTICO-MG: Victor; Marcos Rocha, Réver, Leonardo Silva e Lucas Cândido; Pierre, Josué, Tardelli e Ronaldinho; Fernandinho e Jô
Técnico: Cuca

GUANGZHOU: Zeng Cheng; Zhang Linpeng, Feng Xiaoting, Kim Younggwon e Sun Xiang; Xuri Zhao, Zheng Zhi, Huang Bowen e Conca; Elkeson e Muriqui
Técnico: Marcello Lippi

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade