Futebol/Bastidores - ( )

Botafogo só vai planejar 2014 após fim do Campeonato Brasileiro

Gazeta Press Rio de Janeiro (RJ)

A diretoria do Botafogo só vai começar a definir o planejamento para a próxima temporada a partir de segunda-feira. Isso porque os planos para o próximo ano passam necessariamente pela classificação ou não para a disputa da Copa Libertadores da América. O fator interfere no orçamento para o departamento de futebol, assim como na permanência ou não de alguns profissionais, a começar pelo técnico Oswaldo de Oliveira.

O presidente do Botafogo, Maurício Assumpção, deseja a permanência de Oswaldo de Oliveira independentemente do que acontecer. Entretanto, o próprio treinador entende que vai ficar sem clima em General Severiano se não conseguir levar o time ao torneio continental, a sua principal meta traçada para 2014. Além disso, o Santos estaria investido pesado para contratar o treinador, que já vê uma mudança de ares como positiva.

Em termos de jogadores, apesar de especulações falarem na saída de Seedorf, o holandês deverá permanecer com ou sem Libertadores. A ideia dele é cumprir o contrato até o meio de 2014, que poderia, inclusive, ser ampliado por seis meses em caso de conquista do torneio continental e consequente vaga no Mundial de Clubes da Fifa.

Outro destaque do time, o meio-campista uruguaio Lodeiro, que está na reserva por conta da fase irregular, é outro que vai permanecer independentemente de Libertadores. O jogador descarta trocar de clube antes da disputa da Copa do Mundo de 2014. Pelo mesmo critério está afastada qualquer possibilidade de o goleiro Jefferson ser negociado.

O zagueiro Dória tem futuro incerto. O jogador tem mercado na Europa e interessa a clubes de ponta, como Milan e Juventus. O atleta ampliou seu contrato até 2017 e aumentou a multa rescisória, mas pode ser negociado para o Glorioso fazer caixa. Mas isso só acontecerá se o time não for para a Libertadores. O atacante Rafael Marques recebeu sondagens de Santos e Corinthians e tem boas chances de se transferir.

O lateral direito Edilson já foi procurado para renovar contrato e deixou a situação encaminhada. O mesmo acontece com o zagueiro Bolívar. Além dele, deverão permanecer no clube os laterais Gilberto e Julio Cesar; os zagueiros Dankler e André Bahia; os volantes Gabriel, Marcelo Mattos e Lucas Zen; os meias Cidinho e Hyuri; e o atacante Elias, outro já procurado para renovar contrato.

O atacante Henrique, com contrato até 2015, será emprestado, assim como o atacante Sassá. O artilheiro Bruno Mendes, subindo de produção na reta final do Brasileiro, começa a ter chances de ficar. O zagueiro Rodrigo Defendi e o lateral esquerdo Lima deverão ser liberados para procurar outros clubes, assim como atletas que voltam de empréstimo, como o zagueiro Fábio Ferreira, hoje no Criciúma.

Dentro de campo, o elenco se reapresentou nesta terça-feira pela manhã, no Engenhão, e começou a preparação para a partida contra o Criciúma, neste domingo, às 17 horas (de Brasília), no Maracanã, pela última rodada do Campeonato Brasileiro. Apenas os reservas foram a campo, com os titulares fazendo trabalho de reforço muscular. O volante Renato, afastado da derrota por 2 a 1 contra o Coritiba por conta de dores na perna esquerda, trabalhou normalmente e deverá ficar à disposição contra os catarinenses. Edilson, que cumpriu suspensão contra os paranaenses, é outro que reaparece no posto de Gilberto.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade