Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Cícero nega pressão por aumento e reforça desejo de ficar no Santos

Santos (SP)

Melhor jogador e artilheiro do Santos nesta temporada, com 23 gols, o meio-campista Cícero condicionou sua permanência no Peixe a uma valorização por parte da diretoria santista, durante entrevista coletiva concedida na última semana. Nesta terça-feira, o jogador voltou a falar sobre o assunto, mas negou que esteja fazendo pressão contra os dirigentes alvinegros. Cícero estaria pleiteando, além de um aumento salarial, a compra de seus direitos econômicos por parte do Santos.

“Não forcei situação nenhuma. O que aconteceu é que chegaram propostas, mas eu nem quis conversar na época. Deixei para o final do ano. Só falei agora sobre a questão porque houve valorização pelas próprias propostas que recebi”, disse Cícero em entrevista ao Sportv.

No meio deste ano, Cícero despertou o interesse de clubes do exterior e do Internacional, mas decidiu ficar no Santos. O jogador diz que seu desejo para 2014 é permanecer no clube praiano. “Não quero sair daqui porque vivo meu melhor momento da carreira. Vou deixar o meu empresário (Eduardo Uram) e a diretoria conversarem”.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
Com os direitos econômicos presos ao Tombense-MG, time de seu empresário, Cícero está emprestado ao Santos até dezembro de 2014
Ao comentar as especulações sobre o novo treinador santista – que giram em torno de Oswaldo de Oliveira, do Botafogo, e Ney Franco, do Vitória -, Cícero exaltou o trabalho de Claudinei Oliveira, que deixará o Santos no fim desta temporada.

“(Oswaldo de Oliveira e Ney Franco) são grandes treinadores, que sempre fizeram ótimos trabalhos. Quem vier, encontrará um grupo maravilhoso. Essa reformulação da equipe após a saída do Neymar teve o dedo do Claudinei. Conseguimos bons resultados. Se não tivéssemos perdido partidas bobas em casa, estaríamos brigando pela Libertadores, ou até já garantidos. Torço para que ele (Claudinei) se dê muito bem em sua caminhada”, afirmou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade