Futebol/Mercado - ( - Atualizado )

Claudinei Oliveira antecipa planejamento para 2014 esmeraldino

Goiânia (GO)

Recentemente, o Goiás anunciou Claudinei Oliveira como o novo comandante. O ex-santista já projetou como será o próximo ano dos esmeraldinos, já que terá que lidar com a perda de nove titulares e será obrigado a reformular todo o elenco. Nada que assuste alguém que gosta de trabalhar com garotos.

“Enfrentei o Goiás na final da Copinha, no ano passado, em um jogo bem complicado. Quem se destacou foi o Erik, que acabou sendo convocado para a Seleção. Clayton Sales também é muito bom jogador. O time não era individualizado, então no dia a dia vou conhecer melhor cada atleta”, afirmou ao portal 730, de Goiânia.

Consciente da aceitação que teve entre os torcedores goianos, Claudinei não se assusta com os próximos desafios. Ele garante que não trará jovens promessas de outros clubes, já que isso tiraria o espaço dos jogadores da casa.

“Temos jovens aqui. Se começarmos a tirar jogadores do Santos ou até de outros clubes grandes, acabaremos com o espaço dos jovens do Goiás. Essas contratações pontuais tem que ser de atletas com um pouco mais de rodagem para dar suporte aos mais novos”, explicou.

Dos titulares do ano passado, que levaram a equipe ao sexto lugar no Campeonato Brasileiro, apenas o goleiro Renan e o volante Amaral estão à disposição do novo treinador.

Ricardo Saibun/Santos FC
Claudinei Oliveira comandou o Santos na temporada de 2013, fazendo uso de muitos garotos da base
Eleição– Perto de ser aclamado como o novo presidente (não há chapa de oposição), Sérgio Rassi adiantou como serão os próximos dois anos do clube esmeraldino. “Serão difíceis. Não podemos errar nas contratações e temos que ter um elenco mais enxuto. As laterais, a zaga e um camisa 10 experiente são fundamentais”, disse.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade