Futebol/Mercado - ( )

Com contrato até junho, Renato não descarta sair do Botafogo em 2014

William Correia e Bruno Grossi * São Paulo (SP)

Em meio à busca por um novo técnico, o Botafogo pode perder um dos jogadores mais renomados de seu elenco. O vínculo de Renato acaba em junho e, embora o volante prometa não assinar pré-contrato com ninguém antes de conversar com o Alvinegro, o próprio jogador não descarta trocar de equipe neste ano.

“No futebol, tudo acontece. Uns saem e outros chegam. Até agora, não tem nada definido”, disse o meio-campista à Gazeta Esportiva.net, garantindo, porém, que não tem ofertas para antecipar seu desligamento. “Não tenho sondagem nenhuma de nenhum clube. O que quero agora é curtir minhas férias”, afirmou.

Divulgação/Botafogo F. R.
Volante promete não assinar nenhum pré-contrato ainda (Crédito: Ricardo Sodre/SSPress)
Contratado como grande reforço do clube para temporada, em apresentação na qual recebeu a camisa das mãos do ex-meia Gerson com a presença da torcida, Renato terá 35 anos quando acabar o seu compromisso com o Botafogo. Ele já está livre para acertar com outro time e sair sem custos no segundo semestre.

“Mas não vou assinar pré-contrato com ninguém. O Botafogo é o clube que me deu a oportunidade de voltar”, falou o meio-campista, mostrando vontade de prolongar sua trajetória no clube. “Tenho contrato até junho e vou procurar me apresentar. Minha intenção é permanecer, espero cumprir meu contrato. Se renovar, vou ficar feliz.”

Renato, porém, já tem o que lamentar: a saída de Oswaldo de Oliveira, técnico que o comandou por dois anos nesses seus dois anos e meio no clube. “Gostaria que ele ficasse no ano que vem com a gente depois de um trabalho bom. Mas, se a diretoria quis assim, tem que respeitar e procurar com o novo treinador chegar ao nosso objetivo de brigar por títulos. Vamos começar 2014 bem e terminar melhor do que 2013”, projetou.

*especial para a GE.net

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade