Futebol/Campeonato Brasileiro Feminino - ( )

Com gol de Cristiane, Centro Olímpico bate São José e é campeão brasileiro

São Paulo (SP)

Após 12 anos, o futebol feminino tem um novo campeão nacional. Sem ser disputado desde 2001, o Campeonato Brasileiro foi decidido na noite do último sábado, e o Centro Olímpico venceu o São José por 2 a 1, faturando o título mais importante do País. Após sair na frente, o time da casa sofreu o empate ainda no primeiro tempo, mas segurou o jogo e conseguiu marcar um gol na segunda etapa. O jogo de ida havia terminado com empate por 2 a 2.

Depois do duelo decisivo, o técnico do Centro Olímpico, Arthur Elias, comemorou a vitória e mostrou otimismo em relação ao crescimento do esporte no País.“Mais importante do que ganhar um título é merecê-lo. O trabalho tem sido cada vez melhor, passamos dificuldades no começo do ano, e isso só fez dar mais valor. Nós esperamos que as coisas melhorem não só para gente, como para modalidade inteira”, declarou, em entrevista ao Fox Sports.

O jogo do último sábado foi extremamente equilibrado. Na primeira chance do jogo, o Centro Olímpico quase honrou seu nome e anotou um gol de escanteio, mandando a bola na trave. O São José respondeu com um chute no travessão na metade da etapa inicial, mas depois foi castigado. Aos 33 minutos, após falha da zaga, Tamires roubou a bola na entrada da área, ficou cara a cara com a goleira e abriu o placar com um toque de classe.

O empate, porém, veio logo em seguida. Aos 38, Poliana dominou fora da área e acertou um lindo chute no canto direito, deixando tudo igual. Na segunda etapa, o ritmo da partida diminuiu, e a conquista do Centro Olímpico só foi definida nos minutos finais. Aos 41, Cristiane chegou por trás da defesa do São José e cabeceou para o chão, sem chances para a arqueira adversária. No fim, o time do interior de São Paulo até tentou o gol que levaria a decisão para os pênaltis, mas não conseguiu.

O Campeonato Brasileiro de futebol feminino existe desde 1983, mas não foi disputado em todos os anos de lá para cá. Em sua primeira fase (até 1988), quando era conhecido como Taça Brasil, o torneio teve o Radar como hexacampeão. Já com o nome atual, a competição voltou a ser disputada em 1994 e parou em 2000. Neste período, o Vasco da Gama conquistou três títulos (94, 95 e 98), e MS/Saad (96), São Paulo (97), Portuguesa (99/00) e Santa Isabel (2001) ergueram a taça em uma oportunidade. O torneio retornou em 2013, e o Centro Olímpico surpreendeu as favoritas do São José, atuais campeãs dos Jogos Regionais, Copa do Brasil e Libertadores da América.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade