Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Com pagamentos atrasados, elenco da Portuguesa entra em greve

São Paulos (SP)

Ainda com chances de ser rebaixada para a Série B do Campeonato Brasileiro, a Portuguesa vive dias conturbados também fora de campo. Com os pagamentos atrasados, o elenco resolveu não comparecer ao treino marcado para a tarde da última quarta-feira e promete não treinar enquanto as dívidas não forem quitadas.

Com nova atividade marcada para as 15h30 desta quinta-feira, o elenco promete não trabalhar se a diretoria não acertar os pagamentos e diz que os extratos bancários dos jogadores serão conferidos antes do treino.

Em entrevista ao programa Arena Sportv, o meia Souza falou sobre o delicada situação. “O que nós estamos brigando é por uma melhoria do clube. Existem pessoas na diretoria querendo resolver essa situação, que já é antiga. Nós ficamos sabendo que isso já havia acontecido no ano passado e não podemos deixar isso se repetir”, declarou Souza.

O elenco já havia ameaçado cruzar os braços em outubro, também por conta do não recebimento de salários, além do atraso de pagamentos dos direitos de imagem e auxílio-moradia. Na ocasião, o vice-diretor de futebol Roberto Santos resolveu a situação ao afirmar que teria feito parte do pagamento.

Bom Senso apoia a atitude – Informado sobre a situação vivida na Portuguesa, o Bom Senso F. C. se pronunciou por meio de uma nota oficial e apoiou a manifestação dos jogadores lusitanos. O movimento, porém, descartou uma possível greve na última rodada do Campeonato Brasileiro.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade