Futebol - ( - Atualizado )

Corinthians demonstra interesse em Jucilei e espera Mundial por Rafinha

Marcos Guedes São Paulo (SP)

O diretor de futebol Roberto de Andrade atualizou a situação das negociações do Corinthians. De acordo com ele, não chegou nenhuma proposta por atletas do elenco alvinegro – nem por Emerson –, e o clube segue em conversas pelos laterais Rafinha e Uendel. A novidade em relação à semana passada é o interesse no volante Jucilei.

“É um jogador interessante, que já trabalhou conosco”, afirmou o dirigente, obviamente preocupado com os valores a ser cobrados pelo Anzhi. Em 2011, a agremiação russa pagou 10 milhões de euros (cerca de R$ 32 milhões na cotação atual) pelo segundo volante.

“Não sei quanto eles vão querer recuperar desses dez milhões. É uma negociação que estamos vendo, fizemos uma consulta. Vamos ver o que eles respondem”, comentou Roberto. O cartola está ciente de que o São Paulo fez a mesma consulta recentemente e se assustou.

Divulgação/Agência Corinthians
Mano Menezes era o técnico do Corinthians quando Jucilei chegou (foto: Daniel Augusto Jr. - 16/10/09)
Jucilei, porém, é um atleta que agrada a Mano Menezes e, aos 25 anos, ainda é jovem. O novo técnico do Corinthians já trabalhou com o jogador no próprio clube, entre 2009 e 2010, e chegou a convocá-lo para a Seleção Brasileira quando esteve à frente da equipe nacional.

Em relação às demais negociações, a situação é parecida com a observada na semana passada. De olho em Rafinha, de 28 anos, que tem contrato com o Bayern de Munique até maio a diretoria alvinegra ouviu um pedido de espera. “Querem conversar depois do Mundial. Não sei até que ponto ganhar ou perder pode facilitar na liberação, mas eles pediram para esperar.”

Mais próximo está o lateral esquerdo Uendel. O atleta de 25 anos é o alvo para fazer sombra a Fábio Santos, e sua chegada ao clube do Parque São Jorge é tratada com a Ponte Preta. O Corinthians só não acredita em nenhum desfecho até o Natal. “Os reforços devem ficar para o começo do ano mesmo”, concluiu Roberto de Andrade.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade