Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Del Nero e Marin negam virada de mesa no Campeonato Brasileiro

Rio de Janeiro (RJ)

Os mandatários da Confederação Brasileira (CBF), José Maria Marin, e da Federação Paulista de Futebol, Marco Polo Del Nero, fizeram coro ao negar qualquer tipo de ‘virada de mesa’ no Campeonato Brasileiro.

"Se tiver jogador irregular e perder pontos, e isso levar ao rebaixamento, não tem como consertar. Não tem virada de mesa na CBF. É apenas o cumprimento da legislação", disse Del Nero em entrevista à Rádio Globo.

O comentário dos dirigentes se deve a possíveis perdas de pontos de Portuguesa e Flamengo, após os clubes serem acusados de terem escalado jogadores de maneira irregular. Assim, o Fluminense poderia escapar do rebaixamento.

"Estou acompanhando de perto o que está acontecendo. Cabe às partes envolvidas solicitarem providências cabíveis junto à justiça especializada. Enquanto nós estivermos à frente da CBF, isso (virada de mesa) jamais vai acontecer", disse Marin.

A Lusa escalou Héverton na última rodada do Brasileiro, quando o jogador tinha mais um jogo de suspensão a cumprir. O clube paulista pode perder até quatro pontos (três pelo erro e um pelo jogo que o atleta disputou – empate em 0 a 0 com o Grêmio).

Já o Flamengo escalou André Santos, também com um jogo de punição a cumprir em competições da CBF na última rodada do Brasileiro. Os cariocas também perderiam quatro pontos em caso de punição (três pelo erro e um pelo jogo que o atleta disputou – 1 a 1 com o Cruzeiro).

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade