Futebol/Campeonato Brasileiro - ( )

Derrota no STJD suspende premiação prometida a jogadores da Lusa

São Paulo (SP)

Com o rebaixamento à Série B do Campeonato Brasileiro decretado pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD), os jogadores da Portuguesa não deverão receber tão cedo a premiação financeira pela permanência obtida dentro de campo. O clube terá um orçamento muito menor na segunda divisão.

“A premiação dos jogadores fica suspensa. Até as cotas de televisão não estão certas. Quando estiverem, vamos acertar”, declarou Manuel da Lupa, presidente da Lusa, sem perder as esperanças de lucrar mais na Série A – a vaga de seu time foi herdada pelo Fluminense.

“O relator do STJD fez um trabalho bonito e aceito o julgamento, mas não concordo. O que aconteceu no STJD não quer dizer nada. Haverá outro julgamento na Justiça Comum. Isso não acabou”, avisou.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
Da Lupa lamentou o fato de a Portuguesa ter menos dinheiro a receber com o rebaixamento
O STJD puniu a Portuguesa com a perda de quatro pontos na tabela do Brasileiro em função da utilização irregular do meia Héverton no empate sem gols com o Grêmio, na última rodada. O atleta deveria ter cumprido uma suspensão imposta pelo tribunal.

Apesar da irritação com a decisão do STJD, Manuel da Lupa compartilhou um sentimento externado por muitos jogadores da Portuguesa. “Tivemos muito sacrifício para a Portuguesa terminar o Brasileiro em 12º lugar e agora nos colocam na Série B”, lastimou o mandatário.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade