Futebol/Mercado - ( - Atualizado )

Diretoria do Flamengo deve reduzir elenco para contratar reforços

Gazeta Press Rio de Janeiro (RJ)

A diretoria do Flamengo agendou algumas reuniões para a próxima semana com o técnico Jayme de Almeida. O diretor de futebol Paulo Pelaipe vai receber do treinador uma lista com posições que ele considera carente. Mas para que as contratações possam ser feitas e, de preferência, com nomes que agradem aos torcedores, será necessário reduzir o elenco. Isso porque existem atletas que hoje estão no plantel e que poderão ser usados como moeda de troca ou simplesmente emprestados para reduzir a folha salarial.

Pelaipe já iniciou conversas com a diretoria do XV de Piracicaba, que vai disputar o Campeonato Paulista, para informar que nesta semana irá oferecer alguns jogadores ao clube do interior paulista. As duas diretorias ficaram próximas no meio do ano, nas negociações que levaram o volante Diego Silva e o atacante Paulinho para a Gávea. O segundo, inclusive, terá os direitos federativos adquiridos em definitivo pelo Rubro-Negro, que tem até maio para pagar R$ 600 mil e dar início a esse processo.

O lateral direito Digão, o zagueiro Frauches e o meia Adryan deverão ser oferecidos ao XV. Caso o clube paulista aceite um deles, os flamenguistas tentarão incluir esse fato na negociação de Paulinho.

Outros jogadores podem ser utilizados como moeda de troca. O goleiro Paulo Victor está insatisfeito com a reserva e o Flamengo olha o jogador como uma possibilidade de conseguir algum reforço de melhor nível em uma posição carente. Isso porque Felipe é considerado titular absoluto do gol flamenguista, enquanto Cesar, promovido recentemente do time de juniores, é visto como dono da posição no futuro. O jogador foi considerado o melhor em campo no último sábado, quando teve a oportunidade de jogar no empate por 1 a 1 contra o Cruzeiro.

Sergio Barzaghi/Gazeta Press
Diretoria presidida por Eduardo Bandeira de Mello terá a missão de montar uma equipe para a Libertadores
Outro que pode ser envolvido em uma troca é o meia Rafinha. O jogador interessa ao Bahia, onde joga o volante Feijão, que está nos planos do Flamengo. A transação, inclusive, já teria começado. Rafinha surgiu no Campeonato Carioca deste ano como uma promessa flamenguista, tendo grande atuação no triunfo de 4 a 2 sobre o Vasco. Porém, foi caindo de produção e perdendo espaço.

Outro que pode deixar o clube é o atacante Marcelo Moreno, que ainda tem os direitos federativos ligados ao Grêmio. O jogador teve poucas oportunidades com Jayme de Almeida e é considerado muito caro para ser apenas um reserva de luxo. O boliviano perdeu espaço por conta das constantes convocações para defender seu país, algo que irritou os dirigentes flamenguistas, principalmente porque a Bolívia não tinha mais chances de disputar a Copa do Mundo quando convocou o atleta para as Eliminatórias. O clube esperava que o próprio atleta pedisse para não se apresentar, o que não aconteceu. Além disso, Marcelo Moreno viu Hernane deslanchar na temporada e se tornar artilheiro do time.

O objetivo da diretoria é ter boa parte do elenco definido no dia 6 de janeiro, quando o elenco se reapresenta e começa a pensar na disputa da Copa Libertadores e do Campeonato Carioca. Por conta de priorizar o torneio continental, o Rubro-Negro deverá disputar boa parte do Estadual com uma formação composta por reservas e atletas promovidos das categorias de base.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade