Futebol/Mercado - ( )

Diretoria do River Plate mantém sonho de tirar Scocco do Inter

Buenos Aires (Argentina)

O River Plate não desistirá tão fácil da contratação de Ignazio Scocco para a próxima temporada. O atacante admitiu não ter se adaptado ao Internacional no segundo semestre é o sonho de consumo do técnico Ramón Díaz e os dirigentes do clube argentino prometem insistir com os colorados para concretizar a negociação.

Vice-artilheiro da Copa Libertadores da América com seis gols, Scocco foi contratado junto ao Newell’s Old Boys e teve início animador no time gaúcho ao marcar quatro gols enquanto Dunga ainda era o treinador. Aos poucos, no entanto, perdeu espaço na equipe titular e teve poucas oportunidades sob o comando de Clemer.

Com a chegada de Abel Braga e a venda de Leandro Damião ao Santos, a diretoria do Inter recuou na intenção de liberar o argentino para negociações. A má fase vivida pelo uruguaio Diego Forlán e a irregularidade de Rafael Moura e do recém-contratado Wellington Paulista deixam o clube inseguro em negociá-lo antes mesmo da temporada começar.

Em entrevista ao jornal argentino Olé, o presidente do River Plate, Rodolfo D’Onofrio, reconheceu as dificuldades em acertar com Scocco, mas prometeu lutar pelo atacante. “Está complicado contratá-lo, porque o Inter investiu um valor muito alto por ele. Mas segue como uma das prioridades, é um pedido de Ramón. Por isso vamos fazer um esforço”, explicou o mandatário.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade