Futebol/Mercado - ( )

Dupla Gre-Nal fecha a temporada sem reforços de peso para o ano novo

Do correspondente Vicente Fonseca Porto Alegre (RS)

Depois de um 2013 de muitos gastos e poucas conquistas, os dois grandes do futebol gaúcho iniciam o ano novo sem reforços milionários ou contratações de impacto. Os reforços trazidos por Grêmio e Internacional para o ano que se inicia nesta quarta-feira se caracterizam por serem pouco dispendiosos. Ambos os clubes iniciam 2014 com saldo financeiro positivo nas contratações, vendendo mais do que gastando para contratar.

O Grêmio trouxe como reforços o zagueiro Pedro Geromel, desconhecido dos torcedores brasileiros, sem custos. O volante Edinho, que estava no Fluminense, também veio sem que o Tricolor tivesse que desembolsar pela transação. O lateral esquerdo Jardiel, do Londrina, foi adquirido como aposta para o futuro. Nenhuma contratação foi ainda trazida para o setor ofensivo – o clube pode apostar no retorno de Leandro, que atuou em 2013 emprestado ao Palmeiras e segue com situação indefinida para 2014.

Deixaram a Arena o goleiro Dida, que foi para o Internacional, o atacante Vargas e o lateral esquerdo Alex Telles, vendido ao Galatasaray. Para substituí-los, nomes que já pertencem ao grupo: Marcelo Grohe será alçado à condição de goleiro titular em 2014, e Wendell, que teve seu passe comprado junto ao Londrina, será a aposta na ala esquerda, após boas atuações pelo Brasileirão.

No Internacional, o cenário é bem parecido. Depois de gastar muito com a folha salarial em 2013 e não ter as altas rendas do Beira-Rio como receita, o Colorado fechou o ano vendendo Leandro Damião ao Santos, transação que lhe rendeu R$ 28 milhões. Nomes como os laterais Gabriel e Kleber também deixaram o clube, aliviando a folha salarial.

As contratações são de pouco impacto, mas priorizando a defesa, pior setor do time em 2013. Do Goiás, veio o zagueiro Ernando; do Cruzeiro, o ex-gremista Paulão deve ser anunciado nos próximos dias. Isso sem falar em Dida, que não renovou com o Tricolor e é o novo dono da camisa 1. Para o ataque, o nome trazido até agora é Wellington Paulista. Nomes como Forlán e Scocco também podem deixar o Beira-Rio na virada do ano.

Além das trocas de jogadores, Grêmio e Inter também mudam seu comando para o ano que vem. O perfil, porém, é bem diferente: enquanto o Tricolor segue sua política de baratear o futebol apostando em Enderson Moreira para o lugar de Renato Gaúcho, o Colorado traz Abel Braga a peso de ouro para substituir o interino Clemer.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade