Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Em duelo de campeões do Brasil, Flamengo e Cruzeiro empatam

Gazeta Press Rio de Janeiro (RJ)

No jogo que reuniu os dois vencedores de títulos brasileiros na temporada, Flamengo e Cruzeiro empataram por 1 a 1, em partida disputada na noite deste sábado, no Maracanã. Hernane marcou para o Flamengo e Souza descontou para a equipe mineira. Antes do apito inicial, os campeões Brasileiro e da Copa do Brasil trocaram faixas.

O goleiro César, que fazia sua estreia na competição, foi o grande destaque do jogo que marcou a despedida das duas equipes do Campeonato Brasileiro. O jovem arqueiro do Flamengo efetuou grandes defesas e evitou a derrota da sua equipe.

Com o resultado, o Cruzeiro chegou ao terceiro jogo consecutivo sem vitória. O atual campeão chegou aos 76 pontos ganhos, enquanto o Flamengo está na 11ª posição com 49 pontos.

O jogo - A partida começou em ritmo lento, com as duas equipes tocando bola na intermediária e mostrando pouca disposição ofensiva. Só aos cinco minutos é que a torcida viveu o primeiro momento de emoção. Paulinho recebeu na esquerda, passou pelo zagueiro Léo, e chutou forte. A bola passou muito perto da trave direita do Cruzeiro. O lance fez o Flamengo se entusiasmar e passar a pressionar, em busca do primeiro gol. Aos nove minutos,Paulinho tabelou com Hernane, driblou Bruno Rodrigo,se livrou do goleiro Rafael e bateu cruzado.O lateral Everton conseguiu salvar em cima da linha, evitando o primeiro gol do time carioca.

O Flamengo acabou premiado pela agressividade e marcou o primeiro gol, aos 13 minutos. Após cruzamento de Nixon na direita, Hernane cabeceou sem chances para Rafael.

Divulgação/Flamengo
Capitaneados por Léo Moura e Júlio Baptista, rubro-negros e cruzeirenses trocaram faixas no Maracanã
Depois de sofrer o gol, o atual campeão brasileiro tentou se organizar para partir em busca do gol do empate, mas o rubro-negro carioca se defendia bem e impedia as penetrações do adversário. Aos 20 minutos,o atacante Paulinho sentiu dores na coxa direita e foi substituído por Bruninho.

Só aos 22 minutos, o Cruzeiro chegou com perigo, pela primeira vez.Júlio Baptista lançou Luan que chutou com violência, mas César se esticou e fez grande defesa, evitando o empate.

O time mineiro subiu de produção e passou a pressionar em busca do gol da igualdade.Dois minutos depois, o jovem goleiro rubro-negro que fazia sua estreia no Brasileiro, voltou a aparecer bem em cobrança de fata, executada por Souza.

Aos 36 minutos, o Cruzeiro criou nova chance.Souza levantou a bola na área e o zagueiro Léo acabou recebendo sem marcação e chutando, de esquerda.César, novamente, fez grande defesa e evitou o gol. Aos 38 minutos, Carlos Eduardo e Everton se desentenderam após marcação de falta e foram expulsos de campo.

O time visitante seguiu pressionando e, aos 41 minutos, criou outra grande chance para marcar. O lateral-direito Mayke invadiu a área e tentou encobrir o goleiro César, mas a bola se chocou com o travessão.

Os dois times voltaram sem mudanças para o segundo tempo. Apenas o Flamengo trocou de camisa, passando a vestir o terceiro uniforme. Logo aos quatro minutos, o Flamengo perdeu mais um jogador lesionado.O zagueiro Samir não teve mais condições de continuar e foi substituído por Chicão.

O Cruzeiro aumentou a pressão e até o atacante Hernane recuou para ajudar sua equipe, principalmente para cortar os lançamentos pelo alto.

Arte GE.Net
Aos nove minutos, o time mineiro desperdiçou outra oportunidade. Vinicius Araújo cruzou e Luan, de primeira, mandou para fora.Só aos 14 minutos é que o time dirigido por Jayme de Almeida apareceu na área mineira,mas Hernane errou o passe, quando Nixon estava livre, na área. A pressão exercida pelo Cruzeiro acabou dando resultado, aos 18 minutos, quando o volante Souza arriscou, de fora da área, e acerta o ângulo esquerdo, sem chances para César.

O campeão brasileiro se manteve no ataque e, aos 23 minutos, quase desempatou,mas o chute de Luan acertou a trave. No minuto seguinte, foi a vez de Júlio Baptista chutar forte e César brilhar outra vez. Aos 26, em falta na entrada da área, Júlio Baptista mandou a bomba e César salvou outra vez, A torcida, agradecida, passou a gritar o nome do jovem goleiro.

O técnico Marcelo Oliveira trocou o volante Leandro Guerreiro pelo meia Elber, com a intenção de aumentar o poder ofensivo da equipe, enquanto o Flamengo procurava prender a bola para segurar o ímpeto do adversário.

Aos 37 minutos foi a vez de Leonardo Moura salvar a sua equipe. O lateral rubro-negro entrou de carrinho e evitou a conclusão de Júlio Baptista.

Nos minutos finais, os dois times, satisfeitos com o resultado, apenas tocaram a bola.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade