Futebol/Mercado - ( - Atualizado )

Envergonhado, Walter garante que defenderá o Goiás em 2014

Goiânia (GO)

Após a derrota por 3 a 0 para o Santos, que impediu a classificação do Goiás para a Copa Libertadores, o atacante Walter deixou o gramado do estádio Serra Dourada visivelmente abatido. Artilheiro do Esmeraldino no Campeonato Brasileiro, com 13 gols, o atacante disse que o resultado adverso o motivou a permanecer na equipe goiana em 2014.

“Depois dessa vergonha, eu não vou sair, pode ter certeza. É mais um reforço para eu ficar”, declarou Walter, que neste domingo completou 80 partidas pelo Goiás.

O atacante lamentou o desentendimento entre os meias Hugo e Roni, já no fim da partida. A briga acabou resultando na expulsão do camisa 10 esmeraldino.

Para Walter, os maus resultados na reta final foram decisivos para o fracasso do Goiás. “Eu fico envergonhado. Saio daqui muito triste e muito chateado. Nesses três últimos jogos o time não rendeu. Eu tive lesão em cima de lesão. Mas não é desculpa, é um momento difícil”.

Apesar das duas derrotas seguidas – para Atlético-MG e Grêmio -, o Goiás chegou à última rodada dependendo apenas de uma vitória contra o Santos para se garantir na quarta colocação. A derrota para o Santos e os resultados de Botafogo e Vitória deixaram o Esmeraldino na sexta posição.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade