Futebol/Bastidores - ( )

Ex-técnico do Cruzeiro sub-15 aposta em Lucas Silva na Seleção

Vítor Dalseno, especial para a GE.Net São Paulo (SP)

Considerado uma das revelações do Campeonato Brasileiro deste ano, o volante Lucas Silva chamava a atenção já nas categorias de base do Cruzeiro. Responsável por comandar o jogador no sub-15 da Raposa, o técnico Leston Júnior, atualmente treinando o Guarani-MG, acredita que Lucas tem potencial para jogar em qualquer clube brasileiro e chegar à Seleção.

“O Lucas Silva tem um perfil muito interessante, pela forma centrada que conduz o dia a dia, pela forma de jogar. É um jogador que hoje o mercado pede: um volante que marca, mas tem muita qualidade no passe, na finalização de média distância... É um jogador com muito potencial”, disse Leston em entrevista exclusiva à Gazeta Esportiva.net.

O treinador comandou o time sub-15 do Cruzeiro na conquista da Copa Brasil-Japão, em 2008. Daquele time, também faziam parte o atacante Vinícius Araújo e o goleiro Igor, hoje presentes no elenco principal e em quem Leston Júnior também aposta.

“São jogadores de muito potencial. Com um bom direcionamento, em algum tempo estarão no mesmo nível de utilização do Lucas Silva”, afirmou.

Washington Alves/Vipcomm/Divulgação
Com gols e boas atuações, Lucas Silva, de 20 anos, foi um dos destaques do Cruzeiro na conquista do Brasileirão
GE.net: Naquela época eles já chamavam a sua atenção pela qualidade?
Leston Júnior: Naquele momento, eram atletas em quem o clube já depositava uma confiança muito grande. Para a gente que vivenciava o dia a dia com eles, ficava bem mais evidente, principalmente pelo nível de comprometimento, de dedicação. Obviamente ninguém esperava que fosse tão precoce como foi.

GE.net: Hoje, quem mais se destaca é o Lucas Silva, que foi titular ao longo do Campeonato Brasileiro. Na época do sub-15, ele era o que mais se destacava no time?
Leston Júnior: Ele era o capitão da equipe. Sempre foi um jogador que, além da qualidade técnica, sempre teve a parte cognitiva acentuada. Ele sempre foi um jogador muito inteligente, sempre foi um garoto que, mesmo jovem, demonstrava muita maturidade, muito entendimento sobre aquilo que era pedido.

GE.net: Você acredita que ele tem potencial para jogar na Seleção Brasileira?
Leston Júnior:O futebol é muito dinâmico, mas eu acredito que o Lucas Silva tem um perfil muito interessante, pela forma centrada que conduz o dia a dia, pela forma de jogar. É um jogador que hoje o mercado pede: um volante que marca, mas tem muita qualidade no passe, na finalização de média distância... É um jogador com muito potencial. Para ter voos maiores, precisará dar sequência a essa conduta que ele tem desde os 15 anos, que o proporcionou a condição de ser campeão brasileiro pelo Cruzeiro.

GE.net: Na época em que o Lucas era treinado com você, você cobrava que ele melhorasse algum fundamento, como passe, marcação, cabeceio?
Leston Júnior:O Lucas foi sempre um jogador muito dotado tecnicamente. A gente sempre estimulava que ele utilizasse o chute de média e longa distâncias, porque ele sempre teve essa característica. No Brasileiro deste ano, fez alguns gols dessa forma. Ele evoluiu muito ao longo dos anos porque sempre foi muito aplicado.

Arquivo Pessoal
O volante Lucas Silva (à esquerda) posa para foto ao lado do treinador Leston Júnior (centro), em 2008
GE.net: Quando você chegou ao Cruzeiro, o Lucas já estava lá? 
Leston Júnior:Quando eu cheguei, ele já era um atleta do Cruzeiro. Tanto o Lucas, quanto o Vinícius Araújo e o Igor. A gente apenas deu sequência ao trabalho feito. Nós somos mecanismos de facilitação para que os atletas atinjam a condição. Eu fico muito feliz em ver a condição deles.

GE.net: Ele já jogava como volante naquela época? Chegou a ser testado em outra posição?
Leston Júnior:Sempre jogou como volante. O Vinicius Araújo era uma atacante mais de lado de campo. Hoje ele vem jogando mais como centroavante.

GE.net: Daquele time, tem algum jogador em que você confiava muito, mas acabou não despontando?
Leston Júnior:Eu poderia citar dois nomes. Um deles está no Grêmio, se não me engano, mas ainda nas divisões de base. É o Harley, que, na Copa Brasil-Japão, foi eleito o craque da competição. Existia uma badalação muito grande em relação a ele. O outro é um zagueiro que está no Cruzeiro, o Murilo. Ele foi relacionado pelo Joel Santana em alguns jogos. É um jogador que pode, em um futuro próximo, estar na equipe principal do Cruzeiro.

GE.net: O Igor (por causa do Fábio) e o Vinícius (pela forte concorrência no ataque do Cruzeiro) ainda não se tornaram jogadores fundamentais para o Marcelo Oliveira. Você acredita que eles têm potencial para isso?
Leston Júnior:Não tenho dúvida. São jogadores de muito potencial. Com um bom direcionamento, em algum tempo estarão no mesmo nível de utilização do Lucas Silva.

GE.net: Se pudesse escolher um dos três para o seu time, qual você escolheria?
Leston Júnior: (Risos) É uma pergunta difícil. Eu gostaria de ter os três. Acho que, pelo momento, pelo que fez na disputa do brasileiro este ano, o Lucas Silva tem potencial para jogar em qualquer equipe do futebol brasileiro. Ter um jogador desse perfil é bom para qualquer treinador.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade