Futebol/Bastidores - ( - Atualizado )

Felipão vê C.Ronaldo como melhor do mundo e não se preocupa com Fred

Rio de Janeiro (RJ)

Luiz Felipe Scolari, técnico da Seleção brasileira, concedeu uma entrevista coletiva antes de sua palestra no Footecon (Fórum Internacional de Futebol), evento esportivo coordenado por Carlos Alberto Parreira, onde falou sobre o ano de 2013 para o futebol nacional, comentou a recuperação de Fred e elegeu Cristiano Ronaldo como melhor jogador do mundo.

“Cristiano Ronaldo é o melhor do mundo há muito tempo, mas principalmente neste ano. Espero que o Messi não fique chateado, mas sempre que nos falamos ele diz que nunca vou votar nele e eu digo que não porque, para mim, Cristiano é quem merece levar”, afirmou o treinador.

Felipão considera que 2013 foi um ano bom para a Seleção e espera que os frutos sejam colhidos na Copa do Mundo de 2014. “Conseguimos formar um bom grupo, uma equipe com esquema tático definido, que não se abalada com a ausência de um ou outro jogador. Conseguimos o resultado a partir do momento que organizamos o que foi planejado no ano passado. Temos que continuar com esse trabalho para chegarmos em junho de 2014 com possibilidades excelentes”, analisou.

Garantindo que o rebaixamento do Fluminense (confirmado até o momento) não afetará nada em relação à convocação de Fred, o comandante espera que o jogador esteja recuperado até o começo do ano que vem. “Já faz alguns dias que não conversamos, ele está entregue ao departamento médico e evoluindo, o que o fará jogar já em janeiro. O ataque não preocupa, os atacantes brasileiros são muito bons e correspondem ao que pedimos”, disse.

Sobre o Campeonato Brasileiro, Scolari não quis comentar o caso envolvendo a Portuguesa, que pode acabar na Série B pela escalação de um jogador irregular, mas lamentou o violento confronto entre as torcidas uniformizadas de Atlético-PR e Vasco, no último domingo, na Arena Joinville, e pediu justiça. “Claro que todos nós ficamos deprimidos. Mas eu venho falando há 20 anos que a lei existe para ser cumprida, todos tem que ser enquadrados e pronto. Se tiver lei e não for cumprida, nada vai mudar”.

Ainda no Brasileirão, enalteceu o surgimento de bons técnicos durante a competição. “Alguns bons técnicos deram o segundo passo, o que faltava para eles estarem prontos para o futebol profissional. Um bom trabalho sempre acaba sendo reconhecido”.

Grêmio – Alertado sobre os 30 anos da conquista do Mundial de Clubes dos gaúchos, Felipão se desculpou pelo esquecimento e parabenizou a equipe pelo título. “Momento histórico para um clube fantástico. Gol do Renato Gaúcho, que hoje é o técnico. Me perdoem pelo esquecimento, parabenizo o time e a torcida por esse grande feito”, finalizou.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade