Motor/Bastidores - ( )

Ferrari e Mercedes soltam notas de apoio a Michael Schumacher

Grenoble (França)

A Ferrari, equipe que consagrou Michael Schumacher como heptacampeão da Fórmula 1, expressou através de uma nota oficial sua preocupação sobre a situação do ex-piloto, que sofreu um acidente em uma estação de esqui na França e está internado em estado grave.

"Todos na Ferrari estão ansiosos desde que ouviram sobre o acidente de Michael Schumacher. Isso inclui o presidente, Luca di Montezemolo, que, pelo chefe da equipe, Stefano Domenicali, está em constante contato com a família e as pessoas próximas ao campeão alemão. Montezemolo ofereceu seu incentivo e apoio neste momento tão difícil, com a esperança de que a melhor notícia virá em breve", publicou a Scuderia.

Em 2010, quatro anos após se aposentar da principal categoria do automobilismo, Schumi retornou, desta vez correndo pela equipe Mercedes. Disputou três campeonatos no novo time, até deixar a Fórmula 1 de vez.

"Na sequência das sérias lesões sofridas por Michael Schumacher em um acidente de esqui ontem na França, os pensamentos e a compaixão de toda da Mercedes-Benz e da sua equipe de Fórmula 1 estão com Michael, sua família e amigos. Nós ficamos chocados em saber que ele está em uma situação crítica e estamos acompanhando de perto os últimos boletins médicos de Grenoble. Nós todos conhecemos a profundidade do espírito lutador de Michael e enviamos a ele toda nossa força e apoio nesta última batalha. Nós sinceramente esperamos que ele se recupere completamente e esteja conosco novamente em breve", declarou sua última equipe.

AFP
A Mercedes, última equipe de Michael Schumacher na Fórmula 1 mostrou solidariedade ao ex-piloto

Tags:

GENET

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade