Futebol/Copa do Mundo 2014 - ( - Atualizado )

Fifa espera relatório do Itaquerão e prevê três estádios só em fevereiro

Costa do Sauípe (BA)

Inicialmente previstos para serem entregues até o dia 31 de dezembro de 2013, três dos seis estádios da Copa do Mundo de 2014 que ainda não estão prontos tiveram seus prazos ‘prorrogados’ até fevereiro do ano que vem. Durante evento realizado na Costa do Sauipe, Bahia, que definiu os critérios do sorteio dos grupos do Mundial, o presidente da Fifa, Joseph Blatter, afirmou que Arena Corinthians, Curitiba e Cuiabá poderão ser entregues até o segundo mês de 2014.

Sobre o estádio paulista, que, há uma semana, foi palco de um acidente que vitimou dois operários envolvidos na sua construção, o mandatário lamentou o ocorrido, mas revelou que está otimista em relação a finalização das obras até o novo prazo estipulado.

“Há pequenos atrasos em construções dos estádios, mas pequenos com uma exceção que não podemos dizer que há tudo pronto. Há um fato que ocorreu uma semana atrás, muito triste, houve um acidente em São Paulo que temos que lamentar a perda de duas vidas e estou muito infeliz com isso. Expressamos nossos sentimentos às famílias”, declarou Blatter.

“Quanto ao dano, é a preocupação, será reconstruído e estará pronto. É uma questão de confiança e fé. Há um evento tão grande (abertura) e tenho que expressar nossa confiança na organização aqui no Governo Federal, Estadual, prefeitos de diferentes cidades e os relatórios que ouvimos hoje nos dão a segurança que vamos caminhando para um resultado positivo. Sou um otimista e os otimistas vivem mais e tenho muito otimismo quanto ao futuro", acrescentou.

AFP
O presidente da Fifa, Joseph Blatter, lamentou a tragédia em Itaquera e está otimista quanto a abertura da Copa

O secretário-geral da entidade, Jerome Valcke, mostrou-se ainda mais otimista que Blatter e confirmou que dezembro ou mesmo janeiro são as alternativas mais prováveis para a entrega do estádio em Itaquera. Ele disse que a Fifa aguarda um relatório minucioso sobre os ocorridos na semana passada e que somente ele definirá a necessidade ou não de um ‘plano B’ para a abertura do Mundial.

“Esperamos sim o relatório técnico final do que aconteceu, mas já foram realizadas discussões técnicas com a construtora e sabemos que temos tempo suficiente para o jogo inaugural ser realizado em São Paulo. Não estamos no ‘modo crise’, procurando alternativa a São Paulo, haverá tempo para as obras. Claro que não será em dezembro, como previsto”, admitiu Valcke. “São Paulo e Curitiba só devem ser entregues em fevereiro e não como planejado”, ressaltou.

AFP
Jerome Valcke confirmou a prorrogação do prazo para a Arena Corinthians, Curitiba e Cuiabá
Sobre os outros estádios que terão ‘atrasos tolerados’, Valcke confirmou preocupação principalmente com a nova Arena da Baixada. “Curitiba é o estádio com o qual enfrentamos mais problemas. Não vai ser entregue antes do final de fevereiro de 2014 e isso é fato. Enfrenta alguns problemas, nos organizamos para o estádio ser entregue até fevereiro e vamos aumentar a mão de obra para as estruturas temporárias serem construídas. Hoje não é possível vender ingressos para cada assento, por exemplo”, disse. “Temos dúvidas sobre Cuiabá, que não vai estar pronto no prazo acordado”, acrescentou.

Até aqui, seis dos doze estádios da Copa do Mundo de 2014 já foram entregues: Maracanã, Mineirão, Arena Fonte Nova, Arena Pernambuco, Arena Castelão e Estádio Nacional de Brasília. Ainda restam: Beira Rio, Arena Amazônia, Arena das Dunas, Arena da Baixada, Arena Corinthians e Arena Pantanal. Os três primeiros têm de estar prontos até 31 de dezembro.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade