Futebol/Copa do Mundo - ( - Atualizado )

Ingleses, italianos e uruguaios lamentam grupo da morte no Mundial

São Paulo (SP)

Italianos, ingleses e uruguaios ‘choraram’ juntos na tarde desta sexta-feira. Após o sorteio dos grupos da Copa do Mundo de 2014, eles ficaram sabendo que se encontrarão na chave D – a zebra Costa Rica completa o grupo, já classificado como “da morte” depois do evento na Costa do Sauípe, na Bahia.

Os jornais Gazzetta dello Sport, Corriere dello Sport e Tutto Sport lamentaram a estreia no Mundial logo contra o English Team, campeão mundial em 1966 e 13º colocado no ranking de seleções da Fifa. O encontro com Wayne Rooney, do Manchester United, também foi lembrado pela imprensa italiana.

Do outro lado, os ingleses também reclamaram. Mas mais por causa do local do debute: “no meio da selva”, como definiu o Daily Mail. A partida será realizada em Manaus. O polêmico uruguaio Luis Suárez, do Liverpool, foi outro destaque da reação da Inglaterra, também preocupada com Edison Cavani.

AFP
Sorteio na Costa do Sauípe colocou sete títulos mundiais frente a frente (foto: CHRISTOPHE SIMON)
Enquanto isto, o uruguaio Ovación manchetou a sua edição digital com “Um grupo de terror”, resumindo a sensação local. O diário disse que o sorteio no litoral baiano não trouxe muita sorte aos comandados do técnico Óscar Tabárez, que terão que ralar muito para repetir o Maracanaço de 1950.

Totalmente coadjuvante na chave, a Costa Rica deixou as lamentações de lado e já projetou a vingança sobre o Uruguai: o Al Día lembrou da eliminação para os uruguaios na repescagem da última Copa do Mundo e garantiu que “chegou a hora da revanche”.

Polêmica: nesta semana, o treinador Roy Hodgson, da Inglaterra, torceu para não ter que jogar em Manaus, alertando para clima e tempo de viagem desfavoráveis. Em resposta, o prefeito da capital amazonense, Arthur Virgílio, disse que também preferia receber uma seleção melhor tecnicamente.

Porém, Hodgson estreará na competição justamente na cidade, na Arena Amazônia. O debute está marcado para dia 14 de junho, às 21 horas (de Brasília). Cinco horas antes, uruguaios e costarriquenhos medirão forças no Castelão, em Fortaleza.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade