Futebol/Mercado - ( - Atualizado )

Interesse europeu barra atacante peruano e Palmeiras aposta em Diogo

São Paulo (SP)

Na busca por mais dois atacantes pedidos por Gilson Kleina, além da concretização da renovação do contrato de Leandro, o Palmeiras já não deve mais nem competir por Raúl Ruidíaz. Destaque do Universitario campeão peruano neste semestre, o atacante que pertence ao Coritiba recebeu procura de um clube europeu e, por isso, o foco dos dirigentes passa a ser em Diogo, que acaba de ficar sem contrato com a Portuguesa.

Diogo fica sem contrato com a Lusa na próxima semana e, como está livre, passa a ser alguém dentro do poderio financeiro do Verdão. Kleina o indicou com elogios por seu desempenho no time do Canindé, apostando que, com a camisa palmeirense, ele pode mostrar mais do que em suas apagadas passagens por Flamengo e Santos.

Embora considerado um centroavante pelo diretor executivo José Carlos Brunoro, Diogo é o atacante com capacidade de finalização à média distância que Kleina sente falta no elenco, que valoriza sua criatividade para atuar até no meio-campo. O técnico viu o time na Série B muito dependente de Alan Kardec e das jogadas pelas pontas com Leandro, Vinicius ou Serginho.

Ruidíaz, por sua vez, é um nome que pouco foi trabalhado. O empresário do jogador, David Pezúa, gostou de ter sido procurado pelo Palmeiras, mas a oferta, primeiramente, teve o Coritiba como obstáculo, que se mostrou contrário a cedê-lo para outro time brasileiro. Ruidíaz, então, ficou perto de renovação com o Universitario, até que um clube europeu ainda mantido em sigilo – rumores dão conta de que é o Benfica – tornou a negociação financeiramente inviável para os dois times interessantes.

O jogador, que passou sem destaque pelo Coritiba, foi indicado por Kleina, que considera Ruidíaz “um atacante de beirada, insinuante, de drible, que faz muito bem a terceira linha pelo lado esquerdo ou direito, um jogador destro que cai para dentro”. Alguém do mesmo perfil será solicitado para a próxima temporada, até porque Ananias será devolvido ao Cruzeiro por ter mais se machucado do que jogado neste ano no Verdão.

Por enquanto, o único reforço no ataque é uma aposta: Rodolfo, de 20 anos, que veio do Rio Claro. O jovem atacante ainda nem foi anunciado oficialmente por conta do temor da pressão de ser a primeira contratação para o centenário palmeirense.

Djalma Vassão/Gazeta Press
Atacante que jogou na Portuguesa neste Brasileiro tem o chute à média distância que Kleina sente falta no elenco

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade