Futebol/Campeonato Brasileiro - ( - Atualizado )

Jayme de Almeida deve usar força máxima no jogo dos campeões

Gazeta Press Rio de Janeiro (SP)

O técnico do Flamengo, Jayme de Almeida, deverá escalar o que tem de melhor na despedida do Campeonato Brasileiro, neste sábado, às 19 horas (de Brasília), contra o Cruzeiro, no Maracanã. O Rubro-Negro apenas cumpre tabela, mas tem a motivação do fato de a partida colocar frente a frente os dois campeões nacionais deste ano. A Raposa ganhou o Brasileirão por antecipação, enquanto que os cariocas, na semana passada, ergueram a taça da Copa do Brasil.

Nesta manhã de quarta-feira, em treino tático, realizado no Ninho do Urubu, Jayme começou a dar pistas da equipe que vai a campo. O lateral-direito Leonardo Moura, o lateral-esquerdo André Santos, os volantes Amaral e Luiz Antonio, o meia Carlos Eduardo e os atacantes Paulinho e Hernane trabalharam entre os titulares. Assim, a equipe deverá ser praticamente a considerada principal. Além disto, deverá ganhar os reforços do goleiro Felipe, que nesta quarta ficou fazendo reforço muscular na academia, mas sem preocupar para o jogo, e do volante Elias, liberado para resolver problemas particulares, mas que também deverá atuar.

Quem fica de fora é o zagueiro Wallace, que vai ter que cumprir suspensão por ter sido expulso na derrota de 4 a 2 para o Vitória. Na atividade no Ninho do Urubu, a dupla de zaga titular foi composta por Samir e Marcos González. Isto deixa claro que Chicão, mesmo recuperado de lesão na coxa direita, deverá ser preservado, já que ainda não está 100% fisicamente.

Ao longo da atividade, Jayme chegou a montar o time com 13 titulares, já que o volante Val e o atacante Nixon foram escalados entre os principais. O goleiro César treinou no posto de Felipe. Nesta quinta, o elenco treina na parte da manhã.

Foto: o elenco do Flamengo se reuniu na manhã desta quarta-feira, no Ninho do Urubu, para tirar a foto oficial pela conquista do título da Copa do Brasil. O zagueiro Wallace e o volante Elias, porém, destaques do time na competição, não apareceram e ficaram de fora, pois tinham sido liberados pela comissão técnica para resolverem problemas particulares.

A tradição do presidente participar das fotos de título também foi quebrada, uma vez que Eduardo Bandeira de Mello chegou atrasado ao Ninho e ficou de fora. A diretoria foi representada pelo vice-presidente de futebol Wallim Vasconcellos.

Ainda fora de campo o clube definiu que o elenco vai fazer a pré-temporada de 2014 no Rio de Janeiro, treinando no Ninho do Urubu, a exemplo do que aconteceu este ano. A medida visa reduzir gastos com viagens.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade

Publicidade