Futebol/Copa 2014 - ( )

Jefferson aponta Libertadores como atalho para a Copa de 2014

Tossiro Neto São Paulo (SP)

Dos goleiros geralmente convocados pelo técnico Luiz Felipe Scolari para a Seleção Brasileira, Jefferson é aquele que vive o melhor momento em seu clube. O jogador está animado com a classificação do Botafogo para a Copa Libertadores da América, enquanto o veterano Júlio César ficou sem espaço no modesto Queens Park Rangers, da Inglaterra, e Diego Cavalieri foi rebaixado (ao menos dentro de campo) à Série B do Campeonato Brasileiro com o Fluminense.

“A minha expectativa é estar no grupo. A concorrência continua grande, mas existe a ansiedade de disputar uma Copa no Brasil. Esse é o sonho de todos os jogadores”, comentou Jefferson, que disputará outra Copa, a Libertadores, em 2014. “A gente vem batendo na trave há algum tempo, terminando o Brasileiro em quinto, sexto, sétimo... Neste ano, o time foi melhor. É claro que poderíamos ter brigado por título, mas sabemos das nossas limitações.”

O botafoguense é contraditório ao falar sobre a fase oposta de seus concorrentes de Seleção. “É claro que estar em atividade vai influenciar”, disse, antes de preparar uma defesa. “O Felipão já tem os nomes dele na cabeça. O Júlio conta com o respeito de todos, pois construiu uma história, e não é porque o Cavalieri está na Série B que não terá oportunidade. Vamos continuar trabalhando”, afirmou.

Fernando Dantas/Gazeta Press
Presente no Troféu Mesa Redonda, da TV Gazeta, Jefferson autografou uma camisa da Seleção Brasileira
Já acostumado ao modo de atuar de Felipão, Jefferson se despediu recentemente de outro treinador. Oswaldo de Oliveira não seguirá no Botafogo na próxima temporada e está a caminho do Santos. “Ele foi um cara excepcional, muito importante na nossa classificação, no cotidiano do Botafogo. A gente sabe que ele estava um pouco desgastado com a torcida, mas agora é a hora de agradecê-lo por tudo o que fez”, concluiu o goleiro.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade