Futebol/Bastidores - ( )

João Bosco Luz se despede da presidência e reconhece erros

Goiânia (GO)

Dois anos depois de assumir a presidência, João Bosco Luz deu adeus ao cargo na última quinta-feira. Agora, o clube será presidido por Sergio Rassi, até o fim de 2015, junto com os vices Adriano Oliveira e Paulo Lopes.

No período em que esteve no comando, João Bosco foi bicampeão goiano e trouxe o time de volta à elite do futebol nacional. Mesmo com a boa campanha, ele reconhece falhas na questão financeira.

“Tecnicamente fizemos um bom trabalho, mas fora de campo ainda tem muita coisa. Aquele saneamento financeiro que queríamos ainda não foi feito. Nossos recursos não são muitos, por isso as dividas crescem”, afirmou em entrevista coletiva.

Outro ponto que o mandatário considera falho é o aproveitamento dos jogadores das categorias de base. Segundo ele, o vice campeonato na Copinha aponta para um investimento positivo, mas faltou dar espaço para os garotos no profissional.

“Se me perguntar se saio com a sensação dever cumprido, vou dizer que não. Os garotos não tiveram chance no profissional. Se você não revela, não tem quem vender. Os investimentos foram feitos e a base está sendo bem cuidada. Esperamos que o Goiás possa revelar mais nomes”, finalizou.

Com formação em advogacia, João Bosco Luz não deve se afastar completamente do Esmeraldino. Ele ajudará em questões jurídicas.

Publicidade

Publicidade


Publicidade


Publicidade


Publicidade

Publicidade